Guilherme admite dificuldade para jogar como Tite quer: "Vou melhorar"

Do UOL, em São Paulo

  • Friedemann Vogel/Getty Images

Contratado para suprir a ausência de Renato Augusto, o meia Guilherme afirmou que ainda sofre para jogar da maneira como o técnico Tite pede. No Corinthians, o jogador também tem que ajudar na marcação, algo novo em sua carreira.

"No Corinthians tive até a chance de descobrir coisas em mim que não esperava: essa preocupação tática, por exemplo. Sempre fui um cara mais criativo que competitivo. Faço parte de um esquema (no Corinthians) que se eu não tiver um comprometimento, falha", afirmou, durante participação no "Boa Noite, FOX", do "FOX Sports".

"Como sempre fiz gol, é difícil aceitar ainda tem que ir lá atrás ajudar na marcação. Mas nem é algo que parte do Tite nem nada, é algo meu. Mas é algo que ainda vou melhorar", continuou explicando.

Guilherme, no entanto, afirmou que tenta sempre seguir o que é pedido por Tite durante as partidas. "Futebol é muito mais que só minhas vontades. Não posso colocar orgulho nisso. Procuro fazer fielmente o que me foi pedido. Tite sabe da minha qualidade, me escolheu a dedo", completou.

O Corinthians volta a campo pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Inicialmente, a partida está marcada para o domingo (17), mas a data pode ser alterada por causa das manifestações pró e contra o governo da presidente Dilma Rousseff.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos