'Em busca de paz', Sport consegue barrar organizada de todos jogos do time

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

    Torcidas organizadas do Sport já trouxeram prejuízos ao clube

    Torcidas organizadas do Sport já trouxeram prejuízos ao clube

O Sport conseguiu nesta segunda-feira, junto à 5ª Vara da Fazenda de Pernambuco, banir os integrantes da Torcida Jovem – uma das principais organizadas do time – de todos os eventos do clube, incluindo jogos como mandante, visitante e amistosos, dentro ou fora do país, além dos treinos.

"Estamos dedicando todos os nossos esforços para banir as torcidas organizadas violentas, sobretudo a Jovem, que tem um grande histórico de atos de vandalismo e criminal. Nossa postura é bem clara. Iremos continuar lutando pelos nossos propósitos, pois buscamos a paz nos estádios de futebol", diz o presidente do clube, João Humberto Martorelli.

O juiz à frente da decisão é o mesmo que julgou todos os processos do Sport contra a Torcida Jovem, Dr. Edvaldo Palmeira, que elogiou bastante a postura do clube.

"Não se desconhece que a atual diretoria do Sport Club do Recife tem tomado diversas providências em relação à Torcida Jovem, incluindo medidas administrativas e judiciais, decerto que tal prática é louvável e está de acordo com o que se espera de uma entidade de prática desportiva que disputa a Série A do Campeonato Brasileiro", disse.

Em seu site oficial, o Sport publicou uma série de ações realizadas com a intenção de combater a Torcida Jovem e assim 'trazer mais paz aos estádios de futebol'.

Confira:

30/03/2016 - 'Torcida Jovem' proibida de ingressar no Rei Pelé
Em decisão da Federação Alagoana de Futebol (FAF), com base em documentos enviados pelo Departamento Jurídico do Sport, a "Torcida Jovem" foi proibida de comparecer ao estádio Rei Pelé, no jogo do Leão com o CRB, pelas quartas de finais da Copa do Nordeste. O Clube leonino se apoiou em uma decisão da Vara da Fazenda Pública de Pernambuco, que proíbe a citada torcida de ingressar nos principais estádios do Recife.

01/03/2016 - Sport vence ação de ressarcimento contra a Torcida Jovem
No dia 3 de agosto de 2014, a Torcida Organizada "Jovem" protagonizou cenas de violência nas arquibancadas do Orlando Scarpelli, em Florianópolis, enquanto Sport e Figueirense jogavam no gramado. Em decorrência dessa briga, na qual foram presos alguns integrantes da T.O, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva aplicou uma multa ao Sport de R$10.000. No entanto, o Clube entrou com uma ação de ressarcimento contra a Jovem e ganhou a ação no dia 1º de março, sendo indenizado em danos materiais e morais no valor de aproximadamente R$13.000.

07/10/2015 - Presidente recebe apoio contra torcida organizada
O presidente João Humberto Martorelli, ao se posicionar contra a "torcida organizada" continuou recebendo ameaças de morte por parte dos integrantes da facção. Compreensivos com com a situação de Martorelli, o vice-governador de Pernambuco, Raul Henry; o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, e também o presidente do Clube Náutico Capibaribe, Gláuber Vasconcelos, se solidarizaram com a luta que Martorelli vem travando contra a violência nos estádios.

27/09/2015 - Seguindo determinação da justiça, Sport proíbe entrada de organizada
Conforme decisão judicial da 5ª vara da fazenda, o Clube pôs em prática o plano de proibir a entrada de qualquer membro da "Torcida Jovem" com objetos que fizessem referência à facção nas dependências da Ilha do Retiro. Com operação montada e em execução desde a abertura dos portões, que aconteceu às 16h30, para a partida do dia 27, contra a Chapecoense, nenhum torcedor caracterizado da organizada esteve presente nas arquibancadas do estádio Adelmar da Costa Carvalho.

24/09/2015 - Sport é punido com perda de mando de campo e multa
Mesmo lutando com todos os seus esforços para acabar com criminosos que se dizem torcedores, o Sport Club do Recife foi prejudicado na esfera esportiva. Em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o Leão foi, na época, punido com a perda de um mando de campo e multa de R$ 50 mil, por conta da confusão protagonizada por elementos da "Torcida Jovem", na partida contra o Coritiba, em Curitiba, pelo Campeonato Brasileiro. Principal vítima neste acontecimento, o Leão da Ilha do Retiro se sentiu injustiçado e recorreu da decisão.

09/09/2015 - Presidente sofre ameaças
Após levar ao Conselho Deliberativo do Sport a proposta de excluir do quadro de sócios do clube 20 membros que fazem parte da Torcida Jovem e comunicar a decisão através do site do clube, o Presidente Executivo João Humberto Martorelli passou a receber ameaças via internet. As ameaças foram coletadas em vários portais e páginas online, o Departamento Jurídico do clube reuniu o material e apresentou uma notícia crime ao Ministério Público de Pernambuco.

24/08/2015 - Sport exclui membros de torcida organizada do quadro de sócios
Conforme tem sido feito durante a gestão do Presidente Executivo João Humberto Martorelli, mais uma medida será tomada com o objetivo de combater atitudes de vandalismo e violência praticadas por membros da "Torcida Jovem", que se auto intitulam torcedores, mas têm conduta totalmente adversa. O presidente Martorelli propôs ao Conselho Deliberativo do Sport a exclusão de 20 membros do quadro de sócios do clube com base nos incisos II e VIII do artigo 47 do Estatuto Social do Sport.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos