Grêmio rejeita sondagem de R$ 39 mi e fecha portas para saída de Walace

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Walace (d) comemora gol contra LDU pelo Grêmio na Libertadores

    Walace (d) comemora gol contra LDU pelo Grêmio na Libertadores

O Grêmio não vai vender o volante Walace nesta janela de transferências. Quem garante é o presidente Romildo Bolzan Júnior. Segundo ele, até o fim do ano, ao menos, o marcador de 20 anos seguirá no Tricolor. 

"Não vamos vender o Walace, isso é definitivo. Podemos receber propostas, mas queremos ir longe neste ano em relação aos campeonatos e ele é indispensável para nós. Ficará ao menos até o fim do ano", explicou o mandatário.
 
A principal sondagem mais recente é da Inter de Milão, que indicou a possibilidade de oferecer 10 milhões de euros (R$ 39,1 milhões) ao Grêmio por ele. O clube tem direito a 60% do valor. 
 
Os italianos chegaram a enviar um observador ao jogo entre Grêmio e Brasil de Pelotas. Mas não levaram sorte, já que Walace se lesionou e saiu no intervalo. 
 
Diante da LDU, na quarta, também com observadores de clubes europeus nas arquibancadas do estádio Casa Blanca, ele brilhou. Foi dele o terceiro gol, que garantiu a vitória por 3 a 2 e a classificação às oitavas da Libertadores.
 
"Eu fico feliz de estar fazendo gols. O jogador de futebol precisa ser confiante, e o Roger pede que a gente tente o gol. Graças a Deus, consegui", disse o marcador. 
 
Walace atuou em oito partidas nesta temporada e marcou três gols. Seu vínculo atual vai até 2018. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos