Fred recua por medo de 'geladeira' e acerta permanência após papo com Levir

Bernardo Gentile*

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Nelson Perez / Site oficial do Fluminense

    Fred e Levir Culpi haviam se desentendido, mas assunto foi superado, diz Siemsen

    Fred e Levir Culpi haviam se desentendido, mas assunto foi superado, diz Siemsen

Fred fica no Fluminense. A reviravolta foi confirmada na tarde desta quinta-feira pelo presidente Peter Siemsen em entrevista coletiva. O atacante estava fora dos planos e já negociava sua saída com Atlético-MG e São Paulo. Porém, as conversas com os interessados emperrou na seleção dos nomes que viriam para as Laranjeiras na troca até o fim do ano. Com esse cenário, o camisa 9 ficou com medo de ficar muito tempo sem jogar e recuou, segundo apuração do UOL Esporte.

Recuou e aceitou conversar com o técnico Levir Culpi, com quem disse que não jogaria novamente. A conversa ocorreu no fim da manhã desta quinta, nas Laranjeiras, e foi importantíssima para que os dois se entendessem. Fred sentiu que poderia voltar atrás e ficar no Tricolor, mesmo sob o comando do atual treinador. O atacante será integrado imediatamente, treinará nesta quinta com os companheiros e encara o Vasco já neste domingo.

"O Fred foi muito franco. O Levir foi muito franco e hábil. É com satisfação que comunico que o jogador está reintegrado, vai para o treino e joga no domingo", afirmou Siemsen. "Tivemos uma conversa entre quatro paredes", continuou o presidente. "O que posso dizer é que foi uma conversa muito franca. A forma como ela foi solucionada foi muito bacana. Esse nível de franqueza, poucas vezes presenciei", completou o presidente do Flu.

Antes disso, o Fluminense já havia aceitado negociar Fred. Com o Atlético-MG, o Tricolor gostaria de contar com Dátolo, que agrada bastante Levir Culpi. O problema é que o argentino não aceitou jogar no Rio de Janeiro e preferiu ficar em Belo Horizonte, onde tem contrato até o fim do ano. Os cariocas queriam o apoiador de qualquer jeito e as negociações emperraram.

O mesmo ocorreu com o São Paulo, único clube a procurar o Fluminense oficialmente. Entretanto, os nomes oferecidos não agradaram - Wesley era um deles. Após perder Diego Souza, o Tricolor buscava um apoiador experiente e Michel Bastos se encaixava no perfil. Os paulistas não liberaram e, assim como com o Atlético-MG, as negociações também emperraram.

Foi nesse momento que Fred desistiu de insistir na briga com Levir e forçar sua saída do Fluminense. Aceitou o convite para conversar com o treinador e acertou os ponteiros.

No último domingo, em jogo contra o Volta Redonda, a torcida do Fluminense apoiou Levir e se voltou contra Fred. Rachado com o técnico, o centroavante esteve determinado em sair do clube que defende desde 2009.

A permanência de Fred no Flu frustra os planos de Atlético-MG e São Paulo em contar com o atacante. Os dois clubes iniciaram contatos para a contratação quando a saída do jogador das Laranjeiras parecia iminente, mas a situação mudou completamente.

Com isso, o Fluminense contará com seu artilheiro para a reta final do Carioca. Já classificado para as semifinais, o clube tricolor disputa com o Vasco no domingo a primeira posição e o título simbólico da Taça Guanabara.

* Colaborou Thiago Fernandes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos