Santos completa 104 anos, mas tem que adiar anúncio de reforço "presente"

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • RAUL ARBOLEDA / AFP

    Moreno é primeiro da lista, que conta com nome sigiloso, além de M. Bastos e M. Gabriel

    Moreno é primeiro da lista, que conta com nome sigiloso, além de M. Bastos e M. Gabriel

O Santos comemora 104 anos de existência nesta quinta-feira. O UOL Esporte apurou que a diretoria santista planejava anunciar a contratação do colombiano Marlos Moreno no dia do aniversário do clube, mas não houve acerto a tempo.

O presidente Modesto Roma viajou ao lado de um empresário influente no clube para o Peru, onde o Atlético Nacional, da Colômbia, venceu o Sporting Cristal por 1 a 0, em Lima, na última terça-feira, mas não conseguiu fechar a contratação.

A estratégia, agora, é manter as negociações e tentar trazer o jogador após o término da participação do time colombiano na Copa Libertadores da América. Além de Moreno, a diretoria santista mantém interesse em outro jogador, este nome é mantido em sigilo na Vila Belmiro.

Por Moreno, o Santos ofereceu US$ 3 milhões (cerca de R$ 10 milhões) por 50% dos direitos econômicos. Clubes europeus, casos de Porto, de Portugal, e Liverpool, da Inglaterra, ofereceram muito mais por 100% do atleta.

A cúpula santista alegou aos dirigentes colombianos que Moreno poderia ficar muito mais valorizado atuando no Brasil e, assim, seria negociado por um montante bem maior no futuro.

Manter trio da seleção também faz parte do 'presente'

Além de contratar dois reforços com status de titular, a diretoria santista já luta para manter o seu trio ofensivo – Ricardo Oliveira, Lucas Lima e Gabigol. O clube já foi avisado pelos representantes dos atletas que chegarão propostas no meio do ano, mas a diretoria pretende manter os três até o fim do contrato.

Só existirá exceção no caso de Gabigol, mas a proposta terá que ser "tentadora" para a diretoria santista liberá-lo. A diretoria santista também trabalha com a possibilidade de enfrentar assédio europeu em relação aos jovens Thiago Maia e Zeca, que devem disputar os Jogos Olímpicos pelas seleção brasileira neste ano. 

Michel Bastos e Marquinhos Gabriel seguem no 'radar'

O Santos também não desistiu das contratações de Michel Bastos, do São Paulo, e Marquinhos Gabriel, do Al Nassr, da Arábia Saudita. O primeiro já demonstrou interesse em atuar no alvinegro praiano, mas precisa convencer o clube do Morumbi a liberá-lo. Já Marquinhos Gabriel depende dos árabes aceitarem, no mínimo, US$ 3 milhões (R$ 10 milhões) para liberá-lo no meio do ano. No entanto, o Al Nassr insiste em receber US$ 4 milhões (R$ 14 milhões).  

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos