Egídio exalta melhora da equipe com Cuca e elogia Cleiton Xavier

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Andre Penner

    Egídio marcou o gol que abriu caminho para a vitória do Palmeiras contra o River Plate-URU

    Egídio marcou o gol que abriu caminho para a vitória do Palmeiras contra o River Plate-URU

O lateral esquerdo Egídio está, aos poucos, reencontrando o bom futebol que o levou a ser escolhido por dois anos seguidos como melhor da posição no Campeonato Brasileiro.

Após a amarga eliminação na Libertadores, em que o clube alviverde venceu por 4 a 0 o River Plate-URU, mas acabou eliminado após o Rosario Central bater o Nacional, Egídio destacou a evolução da equipe e, consequentemente, a sua.

"Não fui eleito o melhor da posição no Brasil à toa. Na queda de produção, não fui eu, sozinho, mas o time todo. Naquela sequência de sete vitórias (no Campeonato Brasileiro), o time inteiro estava bem. Fui duas vezes o melhor lateral esquerdo, então meu peso foi maior do que alguns no clube. Eu escutava muita cobrança, mas sempre acreditando no meu potencial. Sabia que ia retomar meu futebol e, os mesmos que criticavam, iriam aplaudir. Quero agradar cada vez mais", avaliou Egídio, em entrevista à ESPN Brasil. 

Já em relação ao desempenho da equipe, Egídio acredita que Cuca conseguiu corrigir alguns defeitos que a equipe vinha apresentando. No entanto, o lateral ressaltou que isso tem sido feito apenas na base da conversa, já que não sobra tempo para treinar, na prática, as orientações e propostas do novo treinador.

"Já estamos pensando no jogo de segunda-feira, ele vai ter uma semana para realmente colocar o trabalho dele. Mas, se não dá na prática, vamos na teoria. Ele tá conversando bastante, mostrando esquema tático como ele quer. É isso que tá dando evolução para o time, tendo tanto marcação quanto ataque. O Cuca tá colocando o trabalho dele. Ele muda esquema tático, jogadores, e o time continua numa situação boa e gostosa de ver jogando. Esperamos crescer e evoluir nestes jogos que temos pela frente."

Por fim, o lateral celebrou a volta de Cleiton Xavier ao meio-campo alviverde. Após vários meses afastado da equipe por seguidas lesões, o meia entrou no segundo tempo da partida contra os uruguaios e teve boa atuação, mostrando desenvoltura na movimentação e bons toques em profundidade para os atacantes.

"Não só o Cleiton (ficou feliz com a volta), mas todos nós ficamos, sabemos o que ele passou ali no departamento médico, chegava sempre meio chateado, com a cara triste, de não poder jogar e ajudar nos momentos difíceis que passamos. Todos ficamos felizes com a volta dele, entrou ontem, deu bons passes pro time jogar. Enfim, é o que ele sabe fazer e vamos torcer para ele conseguir ajudar a gente bastante", concluiu o lateral. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos