Atleta do Leicester recusou "mundo do crime" para ser campeão

Do UOL, em São Paulo

  • Darren Staples/Reuters

    Wes Morgan (ao centro) superou a criminalidade para triunfar no futebol

    Wes Morgan (ao centro) superou a criminalidade para triunfar no futebol

O capitão do Leicester, Wes Morgan, é mais um dos atletas do time que superou diversas dificuldades para triunfar na profissão e conquistar seu lugar ao sol. Prestes a garantir o título do Campeonato Inglês, o zagueiro relembrou com orgulho do passado em meio à criminalidade e como chegou ao posto que ocupa atualmente.

O experiente zagueiro de 32 anos nasceu em Nottingham, em uma área mais pobre da cidade, que fica localizada na região central da Inglaterra. Quando criança, Morgan sonhou em jogar na maior liga do mundo, se tornar campeão e levantar um troféu. No entanto, quase viu seu sonho mudar de caminho ao longo de sua adolescência.

"Se você é de Nottingham, com certeza já ouviu falar sobre o 'The Meadows'. É uma área dura conhecida pelas drogas, crimes e armas de fogo. Meus amigos se envolveram com este tipo de coisa, acabaram presos, mas eu sempre tive o futebol", revelou o jogador, em entrevista ao jornal Daily Mail.

Ainda segundo o atleta, aos 16 anos, ele teve a oportunidade de jogar pelo Meadow Colts, clube localizado na região violenta. Segundo Morgan, foi o clube que abriu as portas para que ele conseguisse uma transferência para o Notts County. No entanto, após algum período jogando pelo clube, ele acabou dispensado.

"Eles escolheram apenas dois jogadores do time para dar um contrato e eu não fui um deles. Eu não estava certo do que faria a partir dali. Alguns amigos acabaram tomando caminhos diferentes e eu continuei amigo deles. Eu sempre serei amigos deles. Ter crescido em Meadows me fez o homem que sou hoje", avaliou o atleta, que complementou.

"Não tenho arrependimento de onde eu vim, tenho orgulho disso. Ainda bem que permaneci no caminho correto. Meus amigos me ajudaram. Eles nunca me pressionaram a fazer nada com que não me sentisse confortável, e eles viram que eu amava o futebol, talvez vendo uma chance para mim que nem mesmo eu tinha visto", relatou.

Para realizar seu sonho de criança e levantar a taça de campeão do Campeonato Inglês, Morgan e seus companheiros precisam vencer mais três partidas em cinco. Caso o título se concretize, o zagueiro inglês garantiu que terá atingido todos os seus objetivos.

"É inacreditável. Passei quase toda minha carreira na segunda divisão. A última temporada foi a minha primeira na Premier League e nós só esperávamos o rebaixamento, é claro, pois nada disso passou pela minha cabeça. Jogar no Bernabeu ou no Camp Nou, ouvir a música da Liga dos Campeões e tudo que vem com o torneio seria muito especial, um dos pontos mais altos da minha carreira. Mas nós já enfrentamos alguns dos maiores times e jogadores da Europa agora, como City, United, Chelsea e Arsenal, então não vejo porque não podemos competir contra qualquer time", finalizou o zagueiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos