Luis Enrique defende Dani Alves após vídeo e clube descarta punição

Do UOL, em São Paulo

  • Emilio Morenatti/AP Photo

    Treinador espanhol defendeu Dani Alves após vídeo polêmico

    Treinador espanhol defendeu Dani Alves após vídeo polêmico

O treinador Luis Enrique concedeu entrevista coletiva na manhã deste sábado (16), véspera do confronto contra o Valencia, pelo Campeonato Espanhol.

Durante a entrevista, o técnico espanhol comentou o polêmico vídeo gravado por Daniel Alves após a eliminação do Barcelona na Liga dos Campeões. Após o clube dizer que estuda punir o jogador, o técnico saiu em defesa do brasileiro e minimizou o episódio.

"Entendo todas as opiniões. A intenção de Daniel Alves não era incomodar ninguém. Ele queria ajudar dentro do seu ponto de vista. Todos conhecemos Dani e sua participação nas redes sociais. Já o vimos cantar ou chorar, fazer de tudo. Se é oportuno ou não, é uma decisão de cada um. Daniel Alves é um ativo fundamental para a equipe. Não vamos expor nossa opinião porque não nos interessa", declarou o treinador.

Já sobre a má fase que o clube atravessa, o técnico catalão fez questão de ressaltar a confiança em seus atletas e disse que segue confiante em conquistar o Campeonato Espanhol e a Copa do Rei.

"Estou convencido do doblete (conquista dos dois campeonatos). Se quando as coisas vão bem nós não gostamos de pensar em longo prazo, tampouco pensaremos agora. Só estamos concentrados no Valencia. Sigo sendo otimista. Sigo pensando que podemos ser campeões da Liga, mas vai nos custar. Nunca pensamos que seria um passeio", avaliou o treinador. 

Barcelona descarta punir jogador, que será chamado para conversa
 
Daniel Alves não será punido pelo Barcelona por conta do vídeo que fez para a namorada usando uma peruca e que foi postado nas redes sociais um dia após a eliminação para o Atlético de Madrid na Liga dos Campeões.
 
Segundo o jornal "Sport", apesar de o presidente do clube, Josep Maria Bartomeu, ter considerado penalizá-lo, por achar que ele tratou de forma indiferente o revés no torneio continental, os dirigentes entenderam que é melhor não colocar mais tensão no vestiário catalão.
 
A diretoria vai esperar a temporada acabar para se reunir com o jogador. A partir daí, tomará as medidas que considerar mais justas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos