The Strongest demite técnico a cinco dias de "decisão" na Libertadores

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Juan Karita

O The Strongest demitiu neste sábado o treinador Mauricio Soria. A decisão foi tomada pelo presidente César Salinas a cinco dias da partida contra o São Paulo, que pode definir o destino das duas equipes na Libertadores.

O motivo da saída foi o desgaste entre Soria e alguns integrantes da diretoria e do próprio elenco. Dirigentes do The Strongest afirmaram nos bastidores que o treinador já não estava focado nos objetivos do clube, uma vez que seu nome foi cogitado para assumir a seleção boliviana após rumores de que Julio César Baldivieso poderia deixar o cargo.

De acordo com diretores, os problemas de relacionamento ficaram evidentes nas viagens da delegação para a Argentina e a Venezuela, onde o clube enfrentou River Plate e Trujillanos, respectivamente. 

Segundo a imprensa boliviana, o argentino Sergio Luna assumirá como técnico interino. Os diretores agora buscam um substituto para assumir o comando do The Strongest nas próximas horas.

Terceiro colocado no Grupo 1 da Libertadores, o The Strongest avança às oitavas de final da competição sul-americana caso vença o São Paulo na quinta-feira, no estádio Hernando Siles, em La Paz. No torneio local, o time soma 18 pontos na tabela e está a seis do líder Jorge Wilstermann. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos