Corinthians se fortalece com goleada e dá mais opções a Tite para decisões

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    André encerrou jejum contra o Red Bull e ganhou moral para fase decisiva

    André encerrou jejum contra o Red Bull e ganhou moral para fase decisiva

O calendário das próximas semanas reserva uma série de decisões para o Corinthians. Podem ser mais ou menos jogos, a depender do sucesso da equipe nos duelos eliminatórios. Mas, a julgar pela vitória por 4 a 0 sobre o Red Bull Brasil no sábado, o elenco dirigido por Tite sai fortalecido.

A vitória em Itaquera serviu para afirmação de jogadores que poderão ser importantes para os próximos jogos. O principal caso talvez seja do centroavante André, que teve atuação razoável mas encerrou o jejum de cinco semanas sem marcar. "Acabou acontecendo na hora que precisava. Dá uma aliviada. Agora começa o mata-mata e espero que comecem a sair mais gols", declarou o camisa 9. 

Na defesa, Yago parece haver superado a sombra do paraguaio Balbuena, que ameaçava sua titularidade. Foi a segunda partida seguida do zagueiro em que a equipe não sofreu gols. No meio-campo, Elias atuou pela primeira vez por 90 minutos e mostrou estar plenamente recuperado de um problema na perna esquerda. Já Guilherme foi elogiado por Tite por um ponto especial: regularidade. Fez, novamente, um jogo à altura do que se espera dele. 

Ainda no que diz respeito ao setor mais importante da equipe, há Bruno Henrique. Ele superou atuações ruins do início da temporada e parece em evolução. "Não é fácil substituir o Ralf, que tem história muito linda. Você faz dois jogos mal e a crítica que vem. Tem que saber lidar com isso, evoluir a cada jogo e a cada jogo vou conhecendo mais a posição. Tento crescer e cada vez mais para me tornar um primeiro volante muito bom. Tite acredita em mim", disse o volante.

Até mesmo o banco de reservas se mostra mais importante na medida em que a temporada avança. Alan Mineiro, que havia feito seu primeiro gol contra o Novorizontino há uma semana, foi acionado e contribuiu diretamente na goleada diante do Red Bull, com assistência e mais um gol. No caso dele, que estava acima do peso, e de vários outros jogadores, valeu a insistência e tranquilidade da comissão técnica para dar sequências a todos. 

"Isso é ideia de futebol. Se não me dessem tempo para errar e acertar, técnico vem e sai, técnico vem e sai", definiu Tite. "Se quando eu fosse atleta, não tivesse o direito de um jogo mal e me tirassem, isso me tirava tranquilidade. Então tirava tranquilidade da equipe. Tem um mínimo de jogos, três jogos, às vezes mais e menos. Depende de como está quem está embaixo", complementou. 

A notícia ruim em meio a tantas notícias boas pode ser Giovanni Augusto, que lesionou o tornozelo esquerdo e foi substituído. Ele fará exames no domingo para ter mais detalhes sobre o problema. Mas, para quarta seguinte, contra o Cobresal, Tite deve receber novamente o meia Rodriguinho de volta. Nos últimos dias, Marlone e Rildo voltaram a ser reais opções e podem ganhar minutos na quarta. O treinador avisou, porém, que usará força máxima. 

Os próximos jogos do Corinthians

Possivelmente no domingo que vem (24), o Corinthians atue pelas semifinais do Paulista. O adversário ainda não está definido. Em caso de sucesso, serão duas finais nos dias 1 e 8 de maio.

Já na Copa Libertadores, as oitavas de final devem ser abertas nos dias 26, 27 ou 28. Em caso de classificação, as quartas de final ocorrem em maio. Já as duas fases seguintes são só após a Copa América. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos