Ex-Chelsea, Felipão alerta novo treinador do time a suportar pressão

Do UOL, em São Paulo

  • Liu Dawei/Xinhua

    Técnico em 2008 do Chelsea, Felipão avisa que técnicos têm vida curta no clube

    Técnico em 2008 do Chelsea, Felipão avisa que técnicos têm vida curta no clube

Luiz Felipe Scolari chegou em alta ao Chelsea, em 2008, após resultados expressivos com as seleções brasileira e portuguesa. Mas Felipão durou apenas sete meses à frente do time londrino. Em entrevista ao jornal The Sun, o técnico reiterou seu descontentamento com a política no Chelsea e fez um alerta pessimista ao futuro treinador do time, Antonio Conte.

"Toda experiência que um treinador adquire em países como Itália, Portuga, Espanha, Brasil, Alemanha e França de nada valerão na Inglaterra", destacou Felipão.

"Você pode ganhar uma Copa do Mundo, ser campeão da Europa ou ser o melhor treinador do planeta. Mas isso não prepara ninguém para um trabalho no Chelsea".

Conte assumirá o Chelsea no começo do segundo semestre.

Felipão já adiantou que um treinador do Chelsea tem de se acostumar a sofre ingerência do patrão da equipe, Roman Abramovich. A cobrança vinda da diretoria é enorme, e os resultados têm de ser imediatos.

"Suas conquistas como treinador não contam quando você está lá, pois têm que ganhar imediatamente".

Desde a saída de Felipão, o Chelsea vários treinadores passaram pelo clube, com média de um ano de duração por comando. A última vítima foi José Mourinho, demitido no começo da temporada.

"Quando você vê um treinador tão bem sucedido e inteligente como o Mourinho perder o seu emprego, você já tem uma ideia de como é difícil treinar lá".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos