Giovanni Augusto tem suspeita de fratura e pode parar por dois meses

Do UOL, em São Paulo

  • Adriano Vizoni/Folhapress

    Giovanni Augusto poderá ficar dois meses fora de combate

    Giovanni Augusto poderá ficar dois meses fora de combate

O meia do Corinthians Giovanni Augusto pode ficar fora de ação por dois meses por caso de uma suspeita de fratura no quinto osso metatarso do pé esquerdo. O jogador passou por um exame neste domingo e nesta segunda passará por uma ressonância magnética para confirmação. 

O jogador se machucou na vitória de sábado sobre o Red Bull Brasil por 4 a 0 nas quartas de final do Campeonato Paulista em Itaquera.,

"Hoje fizemos um exame no CT e existe mesmo esta suspeita de fratura. Amanhã (segunda) vamos fazer um exame mais apurado para confirmar esta suspeita. Se for mesmo uma fratura, o período de recuperação varia de seis a oito semanas", disse o médico Joaquim Grava à Rádio Globo.

O jogador pode até mesmo ser submetido a uma cirurgia.

"Se for uma fratura estável e sem desvios o tratamento é a imobilização. Se não, teremos de fazer uma cirurgia. O tempo de recuperação é o mesmo, mas há a agressão da cirurgia", explicou o médico.

Grava também afirmou que o meia Marquinhos Gabriel, que estava no Al Nasr (SAU), já passou por exames cardiológicos e deverá estar liberado para treinar até terça-feira. 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos