Vergonha de chute ruim já fez Cristiano Ronaldo 'se esconder' para treinar

Do UOL, em São Paulo

  • EFE/Magi Haroun

Antes de se consolidar como um dos melhores atacantes do mundo, Cristiano Ronaldo tinha a pontaria ruim. Seus chutes eram fortes e sem direção. A afirmação parece absurda, mas foi feita por Rio Ferdinand, ex-zagueiro que estava no Manchester United quando o atacante, com 18 anos, foi contratado pelo time inglês. CR7 chegou a treinar escondido para evoluir.

"Cristiano costumava ficar mais depois dos treinos, mas tinha vergonha. Pegava um saco cheio de bolas e ia para o outro lado do campo, onde não dava para vê-lo direito. A gente perguntava: 'Ronnie, onde está indo?'. Ele dizia: 'Só vou ali'", contou Ferdinand ao Daily Mail.

Treinar a pontaria era o objetivo do jovem atacante. "Ele tinha um chute muito bom quando chegou [ao Manchester]. Chutava forte, mas a bola ia para qualquer direção", relembrou Rio Ferdinand.

A prática deu certo, como os três prêmios de melhor do mundo e a impressionante média acima de um gol por partida no Real Madrid confirmam. Mas a dedicação de Cristiano Ronaldo no início de carreira não ficou restrita aos treinos técnicos depois das sessões normais. Ele também se esforçou na academia.

"Ele colocava peso nas pernas para fazer bicicleta na academia. A gente perguntava: 'Está louco? O que está fazendo?'. Ele estava 'voando' fisicamente no Manchester, mas não era suficiente. Cristiano queria ser o melhor", completou Rio Ferdinand. Parece que tanto esforço valeu a pena.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos