Presidente da Fifa espera ampliação da tecnologia na Copa do Mundo de 2018

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / OLIVIER MORIN

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, afirmou que pretende contar com a ampliação do uso da tecnologia no futebol para a Copa do Mundo de 2018. Durante visita à Rússia, país-sede do torneio, o italiano afirmou que em março daquele ano saberão se os recursos poderão ser utilizados.

"Os testes vão começar agora. Daqui dois anos, em março de 2018, poderemos saber se funciona ou não. Espero, de verdade, que a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, possa ser a primeira vez que a ajuda do vídeo seja utilizada para melhorar a arbitragem", afirmou Infantino.

A ajuda do vídeo pela a arbitragem será a segunda fase do processo de introdução da tecnologia no futebol. Atualmente, a tecnologia na linha do gol já é usada em diversos campeonatos, como o Campeonato Inglês e o Italiano. Além disso, foi utilizada durante a Copa do Mundo de 2014.

Nessa nova fase, um árbitro assistente terá acesso ao vídeo para tirar dúvidas sobre validação de gols, marcação de pênaltis e atribuição de cartões vermelhos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos