Santos vê traição em escolha de Marquinhos Gabriel e crê que dinheiro pesou

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Julia Chequer-20.set.2015/Folhapress

    Segundo santistas, o meia escolheu o Corinthians para ganhar R$ 100 mil a mais

    Segundo santistas, o meia escolheu o Corinthians para ganhar R$ 100 mil a mais

O Santos fez de tudo para repatriar o meia Marquinhos Gabriel antes de o atleta acertar sua transferência para o Corinthians. O UOL Esporte apurou que, ao saber da concorrência do rival pela contratação do jogador, a diretoria santista acionou o técnico Dorival Júnior para tentar ganhar a disputa.

Dorival ligava 'dia sim e dia não' para o jogador. A estratégia parecia funcionar. Segundo dirigentes santistas, o atleta já havia prometido a eles e ao próprio treinador, que já havia escolhido o Santos na 'briga' entre os rivais paulistas.

No entanto, Marquinhos Gabriel fechou com o Corinthians e surpreendeu a cúpula santista. Na Vila Belmiro, todos se sentem traídos pelo jogador. Eles alegam que o atleta escolheu o arquirrival para ganhar quase R$ 100 mil a mais de salário mensal, além de alguns benefícios.

O Santos, inclusive, estava disposto a oferecer mais que o "teto salarial" do clube para ficar com Marquinhos Gabriel. O jogador receberia pouco mais de R$ 250 mil mensais na Vila Belmiro, mas preferiu ganhar um ordenado maior no rival da Capital.

Há também um grupo de dirigentes na Vila Belmiro que acredita que o Santos falhou nas negociações com o Al Nassr, da Arábia Saudita. O alvinegro reabriu a transação no início deste mês oferecendo US$ 2,8 milhões (R$ 10 milhões) e não os US$ 3 milhões (R$ 10,7 milhões) que havia pedido de empréstimo ao Banco BMG.

A oferta foi recusada pelos árabes, que aceitaram os mesmos US$ 3 milhões (R$ 10,7 milhões) que o Corinthians pegou de empréstimo com o BMG para contratar Marquinhos Gabriel. Para alguns dirigentes do Santos, a 'pechincha' custou caro ao alvinegro praiano e ainda possibilitou o rival de entrar no negócio.

Além disso, após subir a proposta para US$ 3 milhões e ver o Al Nassr aceitar, o Santos demorou para decidir se o pagamento seria à vista ou parcelado. 

Dorival Júnior não explicou o motivo publicamente, mas demonstrou insatisfação com a diretoria santista no mercado do futebol em entrevista coletiva na última sexta-feira, dia do acerto de Marquinhos Gabriel com o Corinthians.

"Espero que eles (diretoria) pensem nas (possibilidades) que podem chegar, não só nas (possibilidades) que podem sair. Trabalho em conjunto. Não podemos só perder jogadores. Fato fundamental para que mantenhamos uma equipe forte se quisermos buscar alguma coisa. Perder sempre é um fator preocupante", esbravejou o técnico santista.

Sem Marquinhos Gabriel, o Santos acumula esforços para contratar o meia-atacante Marlos Moreno, do Atlético Nacional, da Colômbia. Neste caso, o clube paulista já ofereceu os US$ 3 milhões do BMG. O meia Thiago Galhardo, que se reuniu a diretoria santista nesta segunda-feira, é a opção mais barata.

O atleta se destacou no Campeonato Paulista atuando pelo Red Bull Brasil, mas pertence ao Coritiba, que deve emprestá-lo ao Santos até o fim desta temporada. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos