Técnico do Santa se desculpa por cabeçada em auxiliar: "exemplo negativo"

Do UOL, em São Paulo

O técnico Milton Mendes, do Santa Cruz, pediu desculpas pela agressão ao auxiliar do Bahia no jogo do último domingo, na Arena Fonte Nova, pela Copa do Nordeste.

Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira, Milton Mendes se pronunciou sobre o episódio e disse ter ficado bastante chateado com a situação.

"Não costumo falar sobre o que passou. Mas foi uma coisa que mexeu comigo e com as pessoas envolvidas. Foram erros cometidos de ambas as partes e repensei na situação, sabendo que deixei um exemplo negativo", disse o treinador.

"Já pedi desculpas ao assistente técnico do Doriva e também à comissão técnica do Bahia. Pela primeira vez, fui expulso como treinador e cenas como essas não vão se repetir", completou.

Durante uma discussão entre os profissionais que estavam nos bancos de reservas das duas equipes, aos 34 minutos do segundo tempo, Milton Mendes acertou uma cabeçada no adversário e acabou expulso.

O clima ficou tenso na Fonte Nova até o apito final. Três atletas foram expulsos nos últimos minutos do jogo: Robson e Moisés, do Bahia, e João Paulo, do Santa Cruz.

Uma nova briga aconteceu no vestiário da Fonte Nova. e policiais militares precisaram intervir na confusão.

Na súmula da partida, o árbitro José Ricardo Vasconcellos relatou o desentendimento entre as comissões técnicas, citando a agressão do treinador. Porém, alertou também que o assistente se dirigiu até a área designada ao Santa.

O Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) deve julgar os acontecimentos, mas ainda não há data prevista para que isto ocorra.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos