Mulher de Cristaldo é "craque fitness" e faz argentino entrar na onda

Juliana Alencar

Do UOL, em São Paulo

Um assalto à mão armada acabou estimulando Jonatan Cristaldo, meia-atacante do Palmeiras, a trocar a comodidade de morar próximo ao centro de treinamento do clube pela segurança de viver num condomínio fechado em Alphaville, no ano passado. Mas a mudança também afetou a rotina do atleta no seu tempo livre, atualmente afastado para tratar uma lesão muscular. 

Quando não está em compromissos com o Palmeiras, ele aproveita a área ampla do local para se exercitar com a mulher, a argentina Morella Cristaldo. Os dois costumam praticar atividades físicas juntos.  "Estamos gostando muito de viver aqui. É mais tranquilo, inclusive para caminhar, não tem tanto sobe e desce", explica a loira, citando a característica geográfica do antigo bairro, Perdizes, na região oeste da capital paulista. 

Morella recebeu o UOL Esporte para conversar na academia do novo condomínio. É lá que, três vezes por semana, ela sua a camisa, orientada por um personal trainer. Atualmente, tem mesclado musculação com exercícios funcionais. Rogério Moraes faz parte de uma equipe que desenvolve um programa de treinamento multidisciplinar. Por causa dos próprios resultados, a jovem acabou indicando o profissional ao marido. 

Não foi necessário muito tempo de trabalho extra e Churry perdeu quatro quilos. "No caso dele, o mais importante é a alimentação. Mas são treinos diferentes. O dele é voltado para performance, o dela para o bem-estar ", explica Rogério. Hoje, a nutricionista Juliana Dias cuida do cardápio na casa do argentino. E ela quem prepara as refeições semanais do casal, adequadas ao gasto calórico de cada um.  

Morella conta que teve que seguir o marido na dieta. Churrasco, por exemplo, só em ocasiões especiais. "Minhas amigas vem aqui e eu não tenho nem um refrigerante para servir", diz ela, que acha graça quando palpitam sobre o peso do marido. "Ele não é gordinho! Pode parecer, mas é músculo".

Musa da torcida

Aos 24 anos, Morella virou uma espécie de musa da torcida alviverde. Frequentadora habitual do Allianz Parque, ela chama atenção dos palmeirenses também pelos cliques nas redes sociais. Além de fotos com looks do dia, ela também posta vídeos se exercitando e selfies aproveitando o calor na piscina de sua casa. 

Ela jura que Cristaldo não sente ciúmes. "A torcida é muito respeitosa. São elogios, nada que ofenda", minimiza ela, que também ganha destaque no Snapchat do argentino, xodó do clube. Nesta semana, ele publicou um vídeo da mulher na cama com a sugestiva legenda "hoje tem". 

O atacante, no entanto, torceu o nariz quando a esposa contou que queria desfilar no carnaval de São Paulo. "Já tinha até arrumado a fantasia, mas ele pediu que não. Mas me prometeu que vai sair comigo no ano que vem".  

Morella se casou com Churry há dois anos, mas já vive com ele desde que tinha 19. Os dois se conheceram na Argentina, quando ele ainda atuava no Vélez Sársfield.  Foi o clube que o revelou e garantiu sua ida para o futebol europeu, ainda jovem. Jogou na Ucrânia e na Itália até que o então técnico do Palmeiras, Ricardo Gareca, indicou o seu nome. 

"A gente não queria mais ficar lá porque tínhamos medo da situação da Ucrânia na época, os conflitos com a Rússia. Aí teve essa proposta do Palmeiras, que foi maravilhosa. E eu sempre tive vontade de morar no Brasil", conta ela, que diz se sentir "quase" brasileira: "Eu adoro o clima, as pessoas. Você vai a um supermercado e a pessoa, por exemplo, te ajuda a encontrar o que você está precisando. São muito fofos. Me adaptei muito bem". 

Sem planos de ter filhos a curto prazo ("ele é muito tranquilo, relaxado, me chama de desesperada", brinca), Morella não poupa esforços para se distrair longe do país natal. Além da malhação, ela aproveita o tempo livre para investir em si. Faz aulas de português e começou um curso de design de sapatos e bolsas.

"Não gosto de ficar em casa, sem fazer nada. Estou sempre arrumando algo para fazer. Ligo o Waze e saio para conhecer a cidade", conta Morella, que lamenta que a rotina de atleta do marido a impeça de desbravar a noite de São Paulo. "A gente só foi a uma balada aqui, no meu aniversário. Mas a gente adora música brasileira. Ouvimos muito sertanejo. O Churry também gosta de funk'.'.   

Desde que Cristaldo se lesionou, no entanto, o tempo livre ficou mais escasso. E o motivo disso é a "manha" do atacante palmeirense. Machucado, tem exigido ainda mais atenção da mulher. "Ele está se aproveitando! Me diz: 'amor, pega água, amor, pega comida'. O apelido dele é bebezinho, porque ele não faz nada sem mim", diverte-se ela, que conta que o marido não vê a hora de voltar a jogar. "Ele está muito ansioso. Mas já já ele estará de volta."        

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos