Denis admite erro em gol do The Strongest: "assumo toda a responsabilidade"

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Chiri / saopaulofc.net

O goleiro Denis, do São Paulo, assumiu erro no gol do The Strongest na última quinta, em partida válida pela Libertadores da América, que terminou 1 a 1 e classificou o São Paulo para o mata-mata da competição.

"Eu assumi responsabilidade de alguns gols e você fica chateado. Acaba o jogo, eu chego em casa e assisto à reprise. Se eu tomo gol ou faço defesa eu assisto dez vezes e treinar mais no outro dia. Eu procuro estudar muito e trabalhar em cima dos próprios erros. Eu entro para dar 1000%, sempre meu melhor. Eu entro é para pegar todas as bolas", disse ao Boa Noite Fox, do Fox Sports .

 Denis ainda relembrou o gol que levou na primeira partida da equipe contra o River Plate, na fase de grupos, na Argentina, em que a bola bateu em Thiago Mendes e entrou.

"São erros que todo mundo tem, principalmente um erro muito difícil no primeiro jogo contra o River que bateu no Thiago Mendes e foi gol. Foi uma infelicidade, mas assumo responsabilidade. Eu estou ali para pegar e a responsabilidade é do goleiro", comentou.

Questionado sobre o gol contra o The Strongest, Denis explicou o lance. "Os últimos gols foram escanteio ou falta lateral, que envolve posicionamento de todos os jogadores. Contra o The Strongest o cara bateu muito bem, teve altitude. A bola bateu em mim e sobrou, mas assumo responsabilidade. Estou para fazer meu melhor e os erros acontecem se sou eu ou qualquer um. Eu estou treinamento muito", ressaltou. 

Denis relembra tuíte polêmico de mulher

O goleiro ainda foi perguntado sobre o tuíte polêmico de sua mulher, Carol Paes, em 2013, quando escreveu uma cornetada a Rogério Ceni. "Rogério Ceni falha no primeiro gol! Ele não dá chance nem para a mãe dele". 

Denis explicou que Rogério não ficou abalado com o episódio e que a gravidez da mulher influenciou suas emoções no dia. "Ficou ruim para os torcedores. Minha mulher sempre foi são paulina. E eu falei com ele pessoalmente, mas de maneira alguma ele falou. Minha esposa estava grávida e isso mexe muito com a mulher e ela teve a infelicidade de fazer o post e ele falou que não se incomoda por isso. E ela estava grávida ainda", explicou. 

Pressão por substituir Rogério Ceni 

O goleiro contou que precisou de acompanhamento psicológico na transição de Rogério Ceni para assumir o gol do São Paulo. "A pressão é grande. Eu procurei nos últimos meses fazer um trabalho à parte para organizar a cabeça e todo jogador deveria ter. a pressão é grande. Eu substitui o maior ídolo e goleiro".

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos