Adriano é denunciado por fraudar R$ 2,8 milhões na Espanha

Do UOL, em São Paulo

  • Jorge Guerrero / AFP

    Adriano teria usado empresa em sua ida ao Barça

    Adriano teria usado empresa em sua ida ao Barça

O lateral brasileiro Adriano, do Barcelona, foi denunciado por fraude na Espanha. Ele é acusado de ter usado uma empresa de fachada em sua transferência para o time da Catalunha. Ao menos é o que publica o jornal Sport nesta terça-feira.

Adriano teria fraudado 700 mil euros (R$ 2,8 milhões) da Fazenda espanhola. Ele teria cedido seus direitos de imagem a uma empresa de fachada com residência fiscal na Ilha da Madeira, em Portugal, quando trocou o Sevilla por Barcelona.

A situação de Adriano é semelhante a do argentino Mascherano. No caso do volante, ele chegou a um acordo com a Fazenda e pagou uma multa após ter sido condenado.

Em outubro de 2015, Adriano já havia sido alvo de investigação da Agência Tributária da Espanha.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos