Goleiros do Santos e Sport ganham processo contra game Fifa

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Santos FC

Os goleiros Vanderlei, do Santos, e Magrão, do Sport, ganharam seus processos contra a empresa Electronic Arts, que produz os games Fifa Soccer e Fifa Manager por uso não autorizado de imagem nos jogos eletrônicos.

Em decisão na última sexta (29), o Tribunal de Justiça de São Paulo deu ganho de causa aos dois jogadores com indenização de R$ 55 mil cada um.

"Pelo exposto, julgo procedente o pedido desta ação para condenar o réu no pagamento de indenização no valor de R$ 55.000,00, devidamente atualizado desde a presente data e acrescido de juros moratórios legais desde a citação, bem como no pagamento das despesas processuais e honorários advocatícios, que arbitro em 10% do valor da condenação", diz a decisão.

Já passam de 50 os jogadores de futebol que estão processando na Justiça brasileira a Electronic Arts. A sentença favorável do volante Ygor, do Náutico, no último dia 11 de abril, foi a primeira decisão da Justiça em casos do tipo.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos