Palmeiras vive remontagem e ganha opções táticas para o Brasileirão; veja

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag Palmeiras

    Cuca contará com jogadores mais versáteis no Campeonato Brasileiro

    Cuca contará com jogadores mais versáteis no Campeonato Brasileiro

O Palmeiras vive mudanças constantes no elenco montado pelo diretor de futebol Alexandre Mattos nos últimos 14 meses. Com Cuca no comando do time, o clube alviverde passou a buscar e contratar jogadores que se encaixem no perfil do treinador.

Cuca é conhecido por montar times velozes, com trocas frequentes de posições, transições e marcados pela compactação. Nessa lógica e após pedidos do treinador, três atletas, por enquanto, passarão a fazer parte do grupo alviverde. São eles: Fabiano, Fabrício e Danilo Tche Tche. 

Uma característica é comum aos três atletas: a versatilidade. Fabiano, por exemplo, chega para ser lateral direito, mas pode atuar como zagueiro. Fabrício e Tche Tche, por sua vez, têm repertório para jogar no meio-campo ou nas laterais -- o primeiro na esquerda, o segundo na direita.

Mudança tática no meio do jogo

No Palmeiras, Fabiano pode fazer o papel de zagueiro e "liberar" Egídio pelo outro lado. O time, então, sairia do 4-2-3-1 para o 3-2-4-1, com um ala na linha de quatro. A estratégia de Cuca não é nova. Ele já colocou isso em prática, de certa forma, no Atlético-MG, Botafogo e Cruzeiro.

No time carioca, ainda em 2007, Luciano Almeida desempenhava essa função de coringa. Quando o lateral esquerdo virava zagueiro, Joilson, do outro lado, podia atacar, transformando-se em um meia pela direita do 3-4-3 de Cuca. No Cruzeiro, foi Pablo quem fazia o papel de lateral-zagueiro. No rival, Richarlyson.

Cesar Greco/Ag Palmeiras
Fabiano treinou pela primeira vez na última sexta-feira, na Academia de Futebol

Segundo Cuca, a presença de Fabiano possibilitará uma mudança no meio-campo. Jean será aproveitado como volante novamente, com o objetivo de dar mais qualidade à saída de bola. Além disso, João Pedro ganhará mais chances no time, devido ao perfil ofensivo na lateral.

"Fabiano é um lateral um pouco mais defensivo. Temos o João Pedro para trabalhar nessa parte ofensiva, além do Jean, que no futuro pretendo recolocá-lo na sua posição de origem", explicou Cuca na última quarta-feira.


Um meio-campo com dupla função

Fabrício e Tche Tche serão aproveitados no meio-campo inicialmente. O ex-jogador do Cruzeiro, porém, ainda terá a chance de atuar na lateral. Hoje, o Palmeiras conta com Egídio e Zé Roberto (usado no meio por Cuca) -- Victor Luis, a terceira opção, foi emprestado ao Botafogo.

Cesar Greco/Ag Palmeiras

Cuca fez elogios a Fabrício ao defender a polêmica troca com o Cruzeiro, que recebeu Lucas e Robinho. De acordo com treinador, o jogador poderá ser usado em duas funções: aberto pela esquerda, no 4-4-2, ou por dentro, no mesmo esquema ou no 4-2-3-1.

"Fabricio vem em uma condição de jogador polivalente. Ele pode fazer a lateral, uma linha de quatro pelo lado esquerdo, o meio", disse Cuca, que passará a contar com Tche Tche depois a decisão do Paulistão, marcada para o próximo dia 8.
 
O destaque do Audax no estadual, ao contrário de Fabrício, é destro - apesar disso, ele marcou o gol contra o Corinthians na semifinal com a perna esquerda, em chute de fora da área. Com isso, Cuca ganha mais opção no meio-campo, pelo outro lado.
 
A estreia do Palmeiras no Campeonato Brasileiro está marcada para o dia 14 de maio, às 16h, no Allianz Parque, contra o Atlético-PR. Até lá, Cuca terá 13 dias para transformar o Palmeiras em um time com a sua marca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos