Borussia recusa oferta do Bayern por Hummels e ameaça encerrar negociação

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Kai Pfaffenbach

    Capitão do Borussia tem sido vaiado pela própria torcida por negociar com o Bayern

    Capitão do Borussia tem sido vaiado pela própria torcida por negociar com o Bayern

O Borussia Dortmund avisou que a oferta feita pelo Bayern de Munique pelo zagueiro Hummels está muito abaixo do pretendido pelo clube. O time de Dortmund alertou os atuais campeões da Alemanha: ou aumentam a proposta ou a negociação será cancelada.

Mats Hummels começou no Bayern de Munique, mas acertou com o Borussia em 2008. A equipe de Munique deseja contar novamente com o zagueiro, um dos líderes da seleção alemã na conquista da Copa do Mundo do Brasil, em 2014.

"Apresentamos o nosso preço e isso [oferecido pelo Bayern] é inegociável", disse o diretor executivo do Borussia, Hans-Joachim Watzke, ao DailyMail.

"Ou eles atinjam nosso valor pedido ou o acordo será desfeito", acrescentou.

As tratativas de Hummels com o Bayern irritaram a fanática torcida do Borussia. O jogador foi vaiado pelo público durante jogo do time no sábado, sendo acusado de forçar sua saída.

"Eu não me ofereci para clube nenhum. Esta é a maior bobagem que já ouvi", disparou o defensor, econômico nas palavras, no sábado. O zagueiro se pronuncia para desmentir o diretor-geral do Borussia Dortmund, Hans-Joachim Watzke, e negar os boatos que o garantem como reforço do maior rival na próxima temporada.

Watzke declarou durante a semana que Hummels "declarou seu desejo [de trocar de clube], nada mais". Da parte do Bayern, o diretor-executivo Karl-Heinz Rummenigge tentou amenizar o clima quente. "Nós é quem fomos procurá-lo; não foi o Hummels quem veio bater na nossa porta", explicou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos