Lucas e Robinho são apresentados no Cruzeiro e negam atritos no Palmeiras

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Lucas assinou contrato até o final do ano, enquanto Robinho fica até dezembro de 2017

    Lucas assinou contrato até o final do ano, enquanto Robinho fica até dezembro de 2017

Começo de semana de apresentações na Toca da Raposa. Na manhã desta segunda-feira, o lateral-direito Lucas e o meia Robinho foram anunciados oficialmente como jogadores do Cruzeiro. A dupla vem do Palmeiras e chega ao clube mineiro após as trocas por empréstimo envolvendo os laterais Fabrício e Fabiano. Após uma negociação relâmpago entre as agremiações, os atletas chegaram a Belo Horizonte e realizaram os exames médicos. No sábado, os primeiros reforços da era pós Deivid já treinavam com a equipe na Toca da Raposa.

"Fiquei surpreso com a velocidade (da negociação), foi muito rápida. Mas fiquei muito feliz e contente, agora é colocar em prática tudo que já vinha mostrando", comentou Lucas, que assinou contrato de empréstimo com o Cruzeiro até o final deste ano, enquanto Robinho fica no clube celeste até dezembro de 2017.

Para Lucas, o critério técnico foi o único motivo para a efetivação das trocas, bastante comentadas no decorrer da semana passada. Segundo o lateral, de nada adiantará chegar ao novo clube com uma alta expectativa da torcida sem corresponder dentro de campo.

"Nada disso vai adiantar se eu não corresponder. Procuro sempre deixar essas situações de fora, o que a imprensa ou a torcida dizem. Espero mostrar dentro de campo as razões da minha vinda aqui, e mostrar que o cruzeiro fez um negócio muito bom".

"Tive um excelente ano de 2015. Neste ano, não conseguimos encaixar a equipe nem alguns jogadores. Mas isso agora é passado, tenho uma expectativa muito grande para fazer bons campeonatos, vestir essa camisa e honrá-la. Isso é o que passa pela minha cabeça agora, é dessa forma que quero começar minha trajetória", acrescentou o lateral.

Questionado sobre o assunto, Robinho também descartou qualquer tipo de problemas de relacionamento no clube paulista.

"As duas partes estavam de acordo, achei que era um momento bom para sair. Estou bem tranquilo, dentro do vestiário não teve problema nenhum e de maneira alguma. Os dois clubes se acertaram e venho para o Cruzeiro com muita alegria", disse o meia.

A partir de agora, o auxiliar técnico Geraldo Delamore aguarda pela inscrição de Robinho e Lucas no BID para que a dupla esteja à disposição para a partida desta quinta-feira, pela Copa do Brasil, contra o Campinense. No caso de Robinho, o Cruzeiro ainda adota cautela e aguarda uma resposta da CBF por causa de uma punição do meia. No final do Brasileirão de 2015, o jogador foi expulso por ofender o árbitro Dewson Freitas da Silva e só cumpriu dois dos quatro jogos de gancho. Se a suspensão for válida também pelo torneio mata-mata, o reforço não poderá estrear com a camisa celeste.

"O Thiago (Scuro, diretor de futebol) me disse que a CBF ainda vai dar a resposta amanhã (terça-feira), estou trabalhando muito, esperando essa oportunidade. Vou continuar trabalhando, espero que essa chance chegue nessa quinta-feira já", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos