Por que técnico do bicampeonato brasileiro recusou volta ao Cruzeiro

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Marcelo Oliveira descartou retorno ao Cruzeiro na atual temporada

    Marcelo Oliveira descartou retorno ao Cruzeiro na atual temporada

Após a tentativa frustrada de contar com Jorginho, que cravou a permanência no Vasco neste fim de semana, o Cruzeiro conversou com Marcelo Oliveira – que figurou como segunda opção da diretoria desde a demissão de Deivid. O bicampeão brasileiro pelo clube, no entanto, não pretende retornar à Toca da Raposa II no momento. A intenção do treinador é trabalhar fora do país depois da passagem pela Academia do Futebol.

O responsável por conversar com o ex-técnico cruzeirense foi o vice-presidente de futebol Bruno Vicintin. O dirigente, contudo, escutou uma resposta negativa do comandante com o qual trabalhou por duas temporadas.

"Eu não vou me adentrar muito sobre os nomes. Tenho ótimo relacionamento com o Marcelo. Trabalhamos quase dois anos juntos, eu como superintendente da base. Muito mais pelo trabalho dele tivemos um sucesso muito grande, pela comissão dele. Tivemos grandes resultados, com títulos e jogadores revelados", afirmou o vice de futebol.

"O Marcelo é uma pessoa que tenho ótimo relacionamento. A gente chegou a conversar e ele disse que tem admiração e vontade de voltar a trabalhar no Cruzeiro, mas ele está de olhos abertos para propostas fora do Brasil. É um treinador que tenho ótimo relacionamento", acrescentou.

A princípio, havia resistência do presidente Gilvan de Pinho Tavares em relação à volta de Marcelo Oliveira para a Toca da Raposa II. Todavia, a admiração de outros membros da cúpula fez com que ele aparecesse como um dos prováveis substitutos de Deivid.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos