Dunga cortará 17 para time da Copa América. Times brasileiros se preocupam

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag Palmeiras

Dunga anuncia nesta quinta-feira (5), a partir das 11h, a lista definitiva da seleção brasileira que disputará a Copa América Centenário, no mês que vem, nos Estados Unidos. O treinador precisará fazer um corte de 17 atletas em relação aos 40 que foram inscritos e pode dimensionar a dor de cabeça que times brasileiros sentirão logo na arrancada inicial do Nacional.

Isso porque o Brasileirão não ficará parado enquanto a seleção disputa a competição. O que significa que os atletas poderão ser desfalques de suas equipes por até nove rodadas, sem nem contar as eventuais datas que possam ter jogos da Copa do Brasil e da Libertadores.

Fágner, por exemplo, é um nome que provavelmente terá sua convocação confirmada, uma vez que Dunga o colocou na lista ao lado de Daniel Alves, desbancado Danilo, do Real Madrid. Importante peça no esquema de Tite, ele jogaria apenas as duas primeiras rodadas pelo Corinthians.

  • 49419
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2016/05/04/ganso-merece-chance-na-selecao-de-dunga.js

Ganso viveria a mesma situação do lateral direito alvinegro, mas tem menos chances de ser confirmado na lista e desfalcar o São Paulo. Na concorrência, ele sai atrás de Renato Augusto, Lucas Lima, Kaká, Philippe Coutinho e Oscar.

O Santos, por sua vez, vive a expectativa de precisar arrancar o Nacional sem seu centroavante. Presença constante nas últimas listas de Dunga, Ricardo Oliveira deve integrar o grupo na disputa da competição sul-americana.

TIMES BRASILEIROS SE PREOCUPAM

Há outros casos que a incógnita é maior ainda. Dunga convocou atletas com idade olímpica e revelou que tem planos de utilizar parte deles na Copa América como parte da adaptação dos atletas ao seu estilo de trabalho. Ele será o técnico nas Olimpíadas.

Caso confirme a convocação de algum deles, os clubes poderiam ser desfalcados por quase 20 jogos. É o caso de Gabriel Jesus, do Palmeiras, Gabigol, do Santos, Rodrigo Caio, do São Paulo, e Luan, do Grêmio, por exemplo. Eles ficariam fora não só durante o mês de junho, com a Copa América, mas também durante agosto, para a disputa das Olimpíadas. A dispensa só seria possível caso o atleta quisesse. 

Sabendo do possível desgaste entre as CBF e clubes, o coordenador de seleções, Gilmar Rinaldi, passou os últimos dias conversando com os diretores para costurar um acordo, mas não se pronunciou sobre o assunto desde então.

SPOILER OLÍMPICO

A lista poderá dar dicas de quais serão os outros dois atletas acima de 23 anos que jogarão as Olimpíadas em agosto. O primeiro já foi anunciado: Neymar.

Como não se trata de uma data Fifa, os clubes não precisam liberar os atletas para a competição que será disputada no Rio de Janeiro. Por isso, a seleção precisou negociar com os envolvidos e escolher entre ter o atleta na Copa América ou nos Jogos Olímpicos.

No caso de Neymar, do Barcelona, a escolha ficou por conta da busca inédita pela medalha de ouro. A expectativa é que Willian, do Chelsea, e Miranda, da Internazionale de Milão, sejam os dois escolhidos pelo comandante para reforçarem o time olímpico.

Caso sejam cortados no anúncio da quinta-feira, ficaria claro que a dupla estaria entre os jovens de até 23 anos. Eles são pilares das convocações de Dunga e não seriam cortados por nenhum outro motivo.

Tradutor: Dunga corta 17 e fecha time da Copa América. Times brasileiros se preocupam

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos