'Fantasma' de M. Gabriel ressurge e Santos mira 2 argentinos para a posição

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/Rosario Central

    Giovani Lo Celso, do Rosário Central, foi oferecido ao Santos, mas concorrência é grande

    Giovani Lo Celso, do Rosário Central, foi oferecido ao Santos, mas concorrência é grande

O meia-atacante Vitor Bueno teve atuações apagadas nos dois últimos confrontos decisivos do Santos – contra Palmeiras e Audax. Por conta disso, a equipe santista volta a ter o 'fantasma' de Marquinhos Gabriel assombrando a equipe. Desde o início do ano, o técnico Dorival Júnior não conseguiu definir um substituto para o jogador, que deixou o clube no ano passado para voltar ao futebol árabe e hoje defende o Corinthians.

Sem encontrar uma solução definitiva no elenco, Dorival insiste que a diretoria santista contrate atletas para a posição. Por conta disso, a o clube paulista mira a contratação de dois argentinos. Além do atacante Emiliano Vecchio, 27 anos, que estava atuando no Qatar Sports Club, da Arábia Saudita e já acertou salários e tempo de contrato, o UOL Esporte apurou que o Santos sonha em trazer a principal revelação do Rosário Central na atualidade.

Trata-se do atacante Giovani Lo Celso. O problema é que, diferente de Vecchio, a revelação do Rosário está na mira de diversos clubes europeus. O atleta foi oferecido por um empresário, agradou comissão técnica e diretoria, mas a concorrência com os grandes europeus, casos de PSG, da França, Atlético de Madri, da Espanha, Arsenal e Liverpool, da Inglaterra, e Milan e Roma, da Itália, deixam o sonho mais distante.

Sem condições financeiras de concorrer com o futebol europeu, o Santos estuda uma negociação semelhante a que trouxe o argentino Calleri ao São Paulo – uma espécie de 'ponte' do jogador para a Europa.

Dorival Júnior quer iniciar o Campeonato Brasileiro com um reforço de peso para a posição que foi de Marquinhos Gabriel e Geuvânio na temporada passada. Dentro do elenco santista, o treinador testou quatro jogadores como titular no setor.

Paulinho foi a primeira opção ao iniciar a temporada na vaga de Marquinhos Gabriel. Foram quatro jogos até perder a posição para Patito Rodríguez, que foi testado apenas uma vez e também não agradou.

Em seguida, Dorival iniciou uma sequência com Serginho na função. O "prata da casa" foi o atleta que mais jogos fez na vaga de Marquinhos Gabriel. Foram sete partidas consecutivas até perder a posição para Vitor Bueno, que já completou cinco como titular.

Além dos argentinos, a diretoria santista negocia a contratação do volante Yuri, do Audax, e do atacante Bruno Lopes, 20 anos, revelação do Criciúma. Até o momento, o Santos já fechou três contratações para o Campeonato Brasileiro. Um centroavante, caso de Rodrigão, que atua no Campinense, mas chega antes do Brasileirão, e dois zagueiros, o argentino Fabián Noguera e o desconhecido Renan Montanha, jovem revelação do ABC-RN.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos