Firmino brilha e coloca Liverpool na final da Liga Europa contra o Sevilla

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters/Phil Noble

    Firmino comemora gol do Liverpool contra o Villarreal

    Firmino comemora gol do Liverpool contra o Villarreal

O brasileiro Firmino não está na lista final do técnico Dunga para a Copa América (foi lembrado na pré-lista do treinador da seleção), mas nem por isso deixou de jogar um ótimo futebol, nesta quinta (05), e foi determinante para colocar o Liverpool na final da Liga Europa com vitória de 3 a 0. O jogador participou das jogadas dos três gols do time inglês. 

Os ingleses terão a chance de acabar com a hegemonia do Sevilla na Liga Europa. Os espanhóis venceram o Shakhtar Donetsk por 3 a 1. Se o Villarreal tivesse conseguido passar, seria a primeira vez que a Liga Europa e a Liga dos Campeões teria os quatro finalistas espanhóis - no outro torneio, Real Madrid e Atlético de Madri fazem a decisão. A final será na quarta, dia 18, às 15h45, na Suíça. 

O Villarreal não poderia ter tido mais azar. Após conseguir vencer o Liverpool no jogo de ida da semifinal, a equipe espanhola acabou "ajudando" o rival logo no começo da partida, quando Bruno Soriano fez gol contra.

A equipe espanhola ficou toda recuada em sua defesa, enquanto o Liverpool chegava com tranquilidade até Clyne cruzar pela direita, o goleiro não conseguir desviar e a bola passar por todo mundo até encontrar Firmino, que mandou novamente para área. Bruno Soriano mandou para o próprio gol.

Aos 18 minutos do segundo tempo, Sturridge aproveitou uma "emendada" de Firmino, que saiu errada para ampliar a vantagem inglesa. O terceiro gol inglês também saiu de uma jogada construída pelo brasileiro, que pedalou e mandou a bola para área para Lallana marcar. 

Sevilla defende o título da competição 

O Sevilla é o "rei" da Liga Europa. Venceu quatro das últimas dez competições. Nos dois anos anteriores, não teve para ninguém e os espanhóis conquistaram dois títulos seguidos. Nesta quinta (05), aproveitou que estava jogando em casa para não dar chances ao Shakhtar Donetsk e confirmar o favoritismo vencendo por 3 a 1, com direito a um belo gol do brasileiro Mariano. 

Sevilla e Shakhtar Donetsk fizeram um jogo cheio de gols na ida da semifinal e empataram por 2 a 2. No jogo decisivo, na casa dos espanhóis, não foi diferente. Aos oito minutos de partida, o Shakhtar deu uma bobeada incrível no campo de defesa, Gameiro aproveitou a falha e ficou tranquilo para empurrar para gol.

Os ucranianos , no entanto, empataram aos 43 minutos, em lance com assistência de Marlos para Eduardo da Silva, que marcou. No primeiro minuto do segundo tempo, Gameiro colocou o Sevilla à frente do placar novamente. O terceiro gol espanhol saiu de um belo chute de Mariano, que arriscou de longe, a bola fez a curva e entrou. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos