Adriano curte folga na Vila Cruzeiro antes de retorno prometido aos EUA

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Zulmair Rocha/UOL Esporte

    Após estreia frustrada no Miami United, Adriano alegou problemas pessoais para vir ao Brasil

    Após estreia frustrada no Miami United, Adriano alegou problemas pessoais para vir ao Brasil

Adriano alegou problemas pessoais ao solicitar ao Miami United que autorizasse seu retorno ao Brasil no início desta semana. Oficialmente, o jogador alegava aos dirigentes que não tinha como treinar nos Estados Unidos sem resolver tais questões. Nos primeiros dias no Rio de Janeiro, no entanto, o Imperador dedicou boa parte do seu tempo para outra coisa – o que mais gosta: curtir o tempo livre na Vila Cruzeiro, comunidade na zona norte carioca onde nasceu e foi criado.

Nesta sexta-feira, Adriano aproveitava a rápida passagem pelo Rio para estar ao lado de amigos na sua comunidade. O jogador, porém, não esqueceu de sua equipe. O Imperador ligou para representantes do Miami United e ratificou que voltará para o país americano na próxima segunda-feira (9).

A segunda, aliás, será o dia dedicado por Adriano para resolver um dos problemas que mais preocupam atualmente: o visto americano da namorada do Imperador, Micaele Mesquita. A jovem tem uma nova entrevista no Consulado dos Estados Unidos, onde tenta reverter o documento negado na primeira vez.

Mesmo assegurando diversas vezes ao Miami United que retornará em breve, Adriano ainda causa apreensão por conta de sua viagem ao Rio.

O retorno acontece justamente em um momento que Adriano se mostra completamente incomodado com o início de trajetória no futebol dos Estados Unidos.

A inesperada derrota por 5 a 0 para o Miami Fusion – principal rival do United – incomodou o Imperador. E não foi o único motivo que tirou Adriano do sério. O jogador também se irritou com problemas fora do campo e não aceitou bem o fato de o time ter amargado sete desfalques na estreia por conta de problemas na documentação dos atletas.

Em contato com pessoas próximas, Adriano criticou o que chamou de "amadorismo" dos dirigentes do novo clube e disse que cobraria satisfações. A irritação era maior pela presença maciça da mídia local e estrangeira. Para o jogador, faltou comprometimento dos envolvidos e isso manchou seu esperado retorno.

Até segunda-feira, o clima será de incerteza em Miami e também no Rio de Janeiro. Dirigentes e pessoas próximas não descartam a hipótese de o jogador desistir do projeto na Flórida. Até lá, a única certeza é que o jogador, como sempre gosta de frisar, não abandonará suas raízes na Vila Cruzeiro.?

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos