Jogadores do Dínamo acendem velas para homenagear camaronês morto em campo

Do UOL, em São Paulo

  • AP

No mesmo dia da morte do camaronês Patrick Ekeng, os jogadores do Dínamo Bucareste se reuniram para homenagearem o companheiro de equipe. Ao lado de alguns torcedores, os atletas acenderam velas ao redor do número 14, que era utilizado pelo meia.

Aos 24 minutos do segundo tempo da partida entre Dínamo Bucareste e FC Viitorul, Ekeng desabou no gramado – ele havia entrado em campo apenas sete minutos antes. O camaronês sofreu um ataque cardíaco e morreu duas horas depois, em um hospital da capital do país.

De acordo com o canal romeno "Digisport", demorou 2min47s até que o camaronês fosse levado à ambulância. O veículo, no entanto, não contava com nenhum equipamento especializado e foi utilizado apenas como transporte até o hospital.

A partida teve continuidade e o Viitorul empatou o jogo. O duelo acabou em 3 a 3.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos