Justiça determina que Ronaldo pague dívida de IPTU à Prefeitura de SP

Bruno Thadeu

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Sportv

    Assessoria de Ronaldo diz que já quitou o valor, mas Prefeitura ainda não computou

    Assessoria de Ronaldo diz que já quitou o valor, mas Prefeitura ainda não computou

A Prefeitura de São Paulo ganhou, em 1ª instância, processo movido contra o ex-jogador Ronaldo por dívida em impostos. O juiz Felipe de Melo Franco determinou em 19 de abril que o Fenômeno quite o pagamento de R$ 2,3 mil, com correções, sob pena de ter bens penhorados. Cabe recurso ao ex-atleta.

Ao UOL Esporte, a assessoria de Ronaldo informou nesta sexta-feira que o valor já foi quitado e que a prefeitura ainda não computou o depósito efetuado. A assessoria de comunicação do Fenômeno acrescenta que entrará em contato com a prefeitura para agilizar a regularização no sistema.

O governo municipal entrou com ação no início de abril. Ronaldo foi processado por uma dívida inicial de R$ 1.565,76, de fevereiro de 2014. O site do Tribunal de Justiça de São Paulo informa que o valor não foi quitado, sendo atualizado para R$ 2.321,43.

Assessoria de Ronaldo informa que valor já foi quitado. Confira:

Sirvo-me do presente para informar que não existem débitos de IPTU em aberto com relação a qualquer imóvel de propriedade do Ronaldo.

Tomaremos as devidas providências em conjunto com nosso advogado, para confirmação do teor desses processos, comprovação acerca da inexistência de pendencias junto a Prefeitura de São Paulo e posterior baixa das respectivas ações

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos