Gandula e três torcedores são presos por briga em campo em Alagoas

Do UOL, em São Paulo

A Polícia de Alagoas prendeu na segunda-feira quatro pessoas acusadas de participarem de briga durante o clássico CSA x CRB, ocorrida no domingo, em Maceió. O gandula Wilson Ferreira dos Santos e os torcedores Joseph Pereira, Artur Almeida e Flávio Gouveia ficarão detidos na Casa de Custódia.

Além dos 4 envolvidos na pancadaria, a polícia havia prendido outros dois torcedores: Artur Amorim e David Oliveira, ambos com antecedentes criminais.

A Secretaria de Segurança Pública de Alagoas recomenda o fim das torcidas organizadas em jogos no Estado.

Secretaria de Segurança Pública de Alagoas

"O fato mancha o campeonato alagoano, o título do CRB e o Estado de Alagoas perante o Brasil e o mundo. A rivalidade que deveria ser sadia, se transformou em rivalidade pessoal e vandalismo. Eu defendo que as torcidas organizadas sejam banidas dos estádios", frisou o secretário de Segurança Pública Lima Júnior.

Dois torcedores se feriram na batalha campal. Mas ambos já receberam alta hospitalar. Um deles é o menor N. S., de 17 anos, que apresentou ferimentos no crânio e que foi submetido a cirurgia no maxilar.

A invasão começou com torcedores do CRB, que entraram no gramado logo após Neto Baiano, aos 45 min do segundo tempo, fazer o gol que selou a conquista do time com vitória por 1 a 0. Os torcedores do CRB desceram das arquibancadas para festejar o gol com a partida ainda em andamento. Um desses torcedores chegou a empurrar um jogador do CSA.

Quase ao mesmo tempo da festa do CRB, a torcida do CSA também invadiu o gramado pelo seu lado da arquibancada e cercou alguns torcedores do CRB. Foi então que o massacre começou.

Dois do CRB foram surrados, atacados com paus e pedras e ficaram desacordados. As vítimas não foram identificadas. Um dos torcedores saiu com o rosto desfigurado, mas andando e foi socorrido por um policial. Ele foi levado para uma ambulância. O outro ficou inerte no gramado. Foi sendo socorrido pelo médico do CRB, imobilizado e levado de ambulância para o hospital.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos