Rinaldi cita argumentos de Luis Enrique para acordo com Barça sobre Neymar

Do UOL, em São Paulo

  • Julio Cesar Guimaraes/UOL

Gilmar Rinaldi, coordenador de seleções da CBF, admitiu que o pedido de Luis Enrique para que o Brasil convocasse Neymar para apenas uma competição, ou Olimpíada ou Copa América, convenceu a ele e Dunga. O dirigente falou sobre a decisão à Rádio Barcelona.

"Luis Enrique argumentou que o jogador teve muitas partidas e viagens esse ano e precisava de um período completo de férias para depois treinar bem com a seleção e para toda temporada com seu clube", explicou. "Entendemos. Na sequência, não, porque queríamos Neymar por perto, mas como os argumentos eram muito bons, falamos com uma relação de amizade e respeito. O melhor para todos neste momento era fazer isso."

O ex-goleiro comentou que a vontade do craque da seleção brasileira era disputar a Copa América. Neymar teve que ser convencido do contrário, que o descanso era necessário.

"Neymar queria jogar, mas quando pustamos as coisas bem claras ele entendou que tinha que tomar uma decisão em conjunto. É um craque, uma pessoa muito inteligente. Sempre quer jogar, mas era bom para ele, nós e Barcelona, que é seu clube. Temos que respeitar isso", comentou.

Sem o atacante, o Brasil perde força para a disputa da Copa América, fato admitido por Gilmar Rinaldi. O dirigente afirmou que será mais difícil a conquista do título sem ele, porém que a decisão tomada era correta. Neymar terá seu descanso e chegará inteiro para a disputa dos Jogos Olímpicos, título inédito e desejado pela seleção brasileira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos