Jogador senegalês ameaça degolar rival é investigado na Alemanha

Do UOL, em São Paulo

O jogador senegalês Papy Djilobodji, do Werder Bremen, está sendo investigado pela Justiça alemã em virtude de um gesto feito na partida de seu time contra o Mainz 05, em março. O atleta fez rápido sinal com mão de que iria degolar o atacante Pablo de Blasis.

Após uma queixa recebida por uma pessoa cujo nome não foi relevado, a polícia abriu investigação contra Djilobodji para apurar o gesto.

"Nós vamos investigar uma ameaça feita pelo jogador do Werder Bremen", informou o promotor Frank Passade ao jornal Bild.

Por causa do gesto, Djilobodji recebeu punição de três jogos da Bundesliga (Campeonato Alemão), além de multa. O lance polêmio passou despercebido pela arbitragem, que não advertiu Djilobodji.

"Tal situação não deveria ocorrer com o próximo e dentro de campo. Peço minhas desculpas sinceras ao Pablo de Blasis", disse o zagueiro de 27 anos.

Djilobodji tem seus direitos econômicos ligados ao Chelsea, mas está emprestado ao Werder Bremen.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos