Jogador reage a assalto na porta de casa e é assassinado na Argentina

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Rodrigo Espíndola tinha 26 anos e defendia o Nueva Chicago. Atleta foi atingido por disparo de arma de fogo durante assalto

    Rodrigo Espíndola tinha 26 anos e defendia o Nueva Chicago. Atleta foi atingido por disparo de arma de fogo durante assalto

O zagueiro Rodrigo Espíndola, do Nueva Chicago, da Argentina, morreu na madrugada desta sexta-feira, em Monte Grande, cidade próxima a Buenos Aires. O atleta de 26 anos foi atingido no peito em disparo de uma arma de fogo na porta de casa no momento em que entrava com o carro na garagem.

Espíndola estava com a mulher e o filho no momento em que foram abordados por dois criminosos. O atleta tentou impedir a invasão dos indivíduos na residência da família, quando levou o tiro.

Espíndola foi levado para o Hospital Santamarina de Buenos Aires. A equipe médica atendeu com emergência, mas o atleta faleceu minutos após dar entrada no hospital.

O time de Espíndola, o Nueva Chicago, disputa a segunda divisão do futebol argentino. O atacante do São Paulo, o argentino Jonathan Calleri, lamentou a morte de Espíndola.

O meia Montillo, ex-Santos e Cruzeiro, também expressou sua indignação nas redes sociais.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos