'Messi afegão' ganha nova versão, visita o Bahia e conhece Hernane Brocador

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Facebook de Hernane Brocador

    Menino chamou atenção ao usar uma camisa com o nome de Hernane à caneta

    Menino chamou atenção ao usar uma camisa com o nome de Hernane à caneta

Um menino afegão comoveu o mundo no início de 2016 ao usar uma camisa da seleção argentina feita de saco plástico e pintada com o número de Lionel Messi. Nesta semana, Murtaza Ahmadi, de apenas cinco anos, ganhou uma nova 'versão', esta na Bahia. Apelidado de Gueguel, o menino aparece – em uma foto que ganhou as redes sociais – com o nome e o número (9) de Hernane pintados à caneta nas costas de uma simples camiseta branca.

A imagem do menino comoveu Hernane, que a deixou como 'foto de perfil' tanto no Facebook como no Twitter. "Obrigado, Deus. Obrigado, #Broquinha. Quero te conhecer! Sua camisa ficou fera demais, mas quero te dar uma minha autografada", disse o Brocador no Twitter. Mas Gueguel recebeu muito mais que uma homenagem nas redes sociais.

Na tarde desta sexta-feira, na véspera da estreia do time na Série B, ele foi levado ao Fazendão por um integrante da TV Bahêa e teve a chance de conhecer todo elenco tricolor, inclusive, claro, Hernane. Ganhou uma camisa personalizada com seu mais novo apelido: "Broquinha".

"Aos 13 anos, o pequeno Gleiciel dos Santos realizou um sonho. Ele veio ao CT e conheceu o ídolo @BrocadorHernane", postou o Bahia em sua conta no Twitter.

"Gueguel" também recebeu duas camisas personalizadas e autografadas, além da carteirinha de Sócio Esquadrãozinho. Morador do povoado de Camassandi, em Jaguaripe (BA), o garoto vive com a mãe e três irmãos numa casa sem porta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos