Que trapalhada! Juiz "desiste" de expulsar palmeirense e provoca confusão

Do UOL, em São Paulo

A primeira trapalhada de um juiz no Campeonato Brasileiro de 2016 aconteceu logo na metade inicial de jogo da rodada inaugural. Foi na partida entre Palmeiras e Atlético-PR, disputada em São Paulo, no Allianz Parque, neste sábado (14).

O árbitro Bruno Arleu de Araújo acusou simulação de Lucas Barrios, atacante palmeirense, e lhe mostrou o segundo amarelo, o que terminaria em expulsão do jogador. Na sequência, voltou atrás na marcação, irritando os jogadores do time paranaense.

O juiz foi avisado pelo auxiliar que Barrios, em verdade, foi tocado por Paulo André. Ele acatou a sinalização, deu amarelo ao zagueiro da equipe visitante, "desistiu" de expulsar o paraguaio e apontou falta para o Palmeiras.

Nikão, meio-campista do Atlético-PR, reclamou na saída de campo. "Ele [Bruno Araújo] falou para nós que errou, mas complicou todo o trabalho. Todo mundo aqui está correndo atrás do pão de cada dia e ele erra? Ele é o juiz, se a gente reclama, é expulso", disse, em entrevista ao canal Premiere. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos