PM libera Morumbi para jogo, mas analisa se veta área de queda de torcida

Bruno Thadeu e Guilherme Palenzuela

Do UOL, em São Paulo

  • Ronny Santos/Folhapress

    Reunião com a PM definirá se todo o setor de anel inferior será vetado para torcida

    Reunião com a PM definirá se todo o setor de anel inferior será vetado para torcida

A Polícia Militar liberou parcialmente o Morumbi para o duelo entre São Paulo x Internacional, domingo, pelo Brasileirão. O estádio estava vetado desde o ocorrido na semana passada, quando uma parte da proteção de camarotes veio ao chão, causando ferimentos em vários torcedores tricolores.

A polícia não determinou a área exata que permanecerá interditada. A corporação avalia se mantém o veto de toda a primeira fileira do anel inferior ou se interdita todo o anel inferior.

O espaço onde houve a queda de torcedores passou por reforma nos últimos dias.

"Vai ter jogo no Morumbi, só não está definida a extensão da área que será interditada", informou o coronel da PM Luiz Gonzaga.

Nesta terça-feira à tarde, a diretoria do São Paulo se reunirá com a PM para ter conhecimento da extensão da área que será interditada.

Na sexta-feira, a Polícia Militar enviou notificação ao São Paulo suspendendo o laudo técnico de segurança que permitia a realização de jogos no Morumbi. Após vistoria da PM nesta terça, o estádio passou a ter autorização após o acidente que deixou 16 pessoas feridas na última quarta-feira. 

O ofício enviado ao São Paulo, segundo o clube, fala especificamente da segurança no anel inferior do estádio, área em que ocorreu o acidente durante a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-MG, pelas quartas de final da Copa Libertadores. Assim, o São Paulo precisará realizar uma reforma para reforçar a segurança das grades de proteção do anel inferior para que seja aprovado em uma nova vistoria.

Cerca de 30 pessoas caíram de um espaço reservado à Conmebol e patrocinadores na quarta-feira ao comemorarem o gol de Michel Bastos no fim do segundo tempo. Os jogadores são-paulinos celebraram o gol perto do setor onde aconteceu o acidente e viram de perto a grade de proteção ceder. Os acidentados caíram de uma altura de 2,5 metros no fosso do estádio e alguns foram até resgatados pelos próprios jogadores do São Paulo. 

No total, foram 16 atendidos no ambulatório do estádio do Morumbi, e sete foram levados a hospitais próximos da região. Destes, três precisaram passar por cirurgias, custeadas e acompanhadas pelo clube. Nesta sexta-feira os jogadores do São Paulo visitaram os torcedores que passaram por cirurgias e ainda não tiveram alta. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos