Riascos segue no Rio, mas Nenê já crava seu substituto no Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Honório Moreira/Futura Press

    Riascos e Nenê estão entrosados no Vasco, mas colombiano deve voltar ao Cruzeiro

    Riascos e Nenê estão entrosados no Vasco, mas colombiano deve voltar ao Cruzeiro

A provável era pós-Riascos no Vasco teve início com o craque do time dando seu palpite sobre o substituto do colombiano. Para Nenê, a hora e a vez é a do jovem atacante Thalles, de apenas 20 anos e que é prata-da-casa.

"Quer me colocar na fogueira, né? (risos). De imediato, seria o Thalles. O Eder Luis é uma outra posição, é mais aberto, já teria que mudar. Para não mudar o esquema, seria Thalles. Pronto, respondi (risos)", disse o camisa 10.

Porém, embora o presidente do Cruzeiro, Gilvan Pinho Tavares, tenha declarado que Riascos voltará ao Cruzeiro, onde possui contrato, o colombiano segue no Rio de Janeiro após o término do seu empréstimo com o Vasco, que aconteceu no último domingo.

Apesar de pequena, ainda há uma esperança de reviravolta de quem torce pela continuação do trabalho do atacante em São Januário.

" Situação difícil para a gente, para ele, para o clube. Queríamos que ele continuasse. Felicidade de ele ter dado a volta por cima. É uma pessoa extraordinária. Infelizmente, ainda está indefinido. Claro que ficaremos tristes se ele não continuar. Mas faz parte do futebol. Creio que ele está com a cabeça tranquila. Infelizmente, não podemos controlar tudo. Depende do Cruzeiro. Ainda não está nada definido. Tomara que tenha uma reviravolta", declarou Nenê.

Adaptado ao Vasco e à cidade, Riascos já manifestou diversas vezes o interesse em permanecer. O clube de São Januário, por sua vez, acenou com a possibilidade de pagar integralmente o salário do atacante em troca da prorrogação do empréstimo até o fim desta temporada. O Cruzeiro, porém, pretende recuperar o investimento feito em sua contratação e deseja uma compensação financeira.

Thalles conta com a confiança do grupo

Após ter um 2015 difícil, onde teve problemas de peso e polêmicas extracampo, Thalles iniciou bem esta temporada, já tendo feito seis gols, embora não tenha sido titular em boa parte deste ano.

"Eu creio que ele pode nos ajudar muito. Mesmo ele não jogando tanto, tem seis gols. Ele nos ajudou bastante, na Copa do Brasil mesmo (fez o gol da vitória sobre o Remo no jogo de ida da primeira fase). Ele está com a cabeça diferente, concentrada no trabalho. Creio que ele pode perfeitamente cumprir esse papel e ser essa referência na frente", avaliou Nenê.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos