Bilionário chinês compra Aston Villa por R$ 310 mi e faz planos ousados

Do UOL, em São Paulo

  • Jason Cairnduff/Reuters

    Objetivo do novo dono é devolver jogos das competições europeias ao Villa Park

    Objetivo do novo dono é devolver jogos das competições europeias ao Villa Park

O Aston Villa anunciou nesta quarta-feira a venda do clube para a multinacional Recon Group, liderada pelo bilionário chinês Tony Xia, pelo valor de 60 milhões de libras (cerca de R$ 310 milhões).

A aquisição será selada após a aprovação da Premier League e da Football Association (FA). Em comunicado, o clube disse que o novo presidente pretende levar o Aston Villa de volta à primeira divisão e, já no ano seguinte, classificá-lo ao menos para a Liga Europa. Ele ainda pretende fazer do clube o mais popular da China.

"O objetivo imediato do Dr. Xia é devolver o Aston Villa à Premier League e, em seguida, levá-lo aos seis primeiros, trazendo as competições europeias (Liga Europa e Liga dos Campeões) de volta ao Villa Park. Ele planeja fazer do Aston Villa o mais famoso clube de futebol na China, com uma enorme base de fãs".

Rebaixado nesta temporada, o Aston Villa vai esperar a posse do novo presidente para acertar com um treinador para a próxima temporada. Roberto di Matteo, campeão da Liga dos Campeões pelo Chelsea, é o favorito. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos