Prass minimiza problema nas costas e se diz disponível para enfrentar Ponte

Do UOL, em São Paulo

O goleiro Fernando Prass, que na última terça-feira desfalcou o treino do Palmeiras por causa de dores nas costas, tranquilizou os torcedores alviverdes nesta quarta. Ele disse que se trata de um problema recorrente e afirmou que estará recuperado a tempo de enfrentar a Ponte Preta, no sábado (21), pelo Campeonato Brasileiro.

"As costas travaram, ficou ruim de se movimentar, não estava conseguindo abaixar, sentar direito. Fizemos exames e não tem nada de mais sério. Estou tratando desde ontem, estou bem melhor, acho que à tarde já vou para o campo fazer alguma coisa", disse o atleta de 37 anos.

"É mais postural mesmo. Eu tenho que fazer o trabalho que sempre faço, de core, de prevenção. Fiquei um ano e meio sem problema nenhum, agora deu, mas em um ou dois dias já está tranquilo", assegurou.

Após ficar de fora das atividades de terça-feira, Prass realizou exames em uma clínica por "precaução", segundo o Palmeiras. O goleiro disputou todos os 24 jogos do time na temporada até agora.

"Até pelos treinamentos, às vezes eu tenho um pequeno incômodo. Em 2013, em Londrina, eu tive esse problema, tratei e joguei. Em outros jogos já aconteceu e joguei. Amanheci de segunda para terça com um pouco de dor, normal, muitas vezes eu sinto, só que começou a aumentar", explicou o jogador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos