Presidente do Fla confirma melhora de Muricy: "Deve ter alta ainda hoje"

Do UOL, em São Paulo

  • Gilvan de Souza/Flamengo

    Bandeira de Mello falou sobre a evolução no quadro clínico de Muricy Ramalho

    Bandeira de Mello falou sobre a evolução no quadro clínico de Muricy Ramalho

O presidente do Flamengo, Bandeira de Mello, confirmou que o técnico Muricy Ramalho apresentou evolução em seu quadro clínico e deverá ter alta médica ainda nesta quarta-feira (18).

Em entrevista ao canal "Sportv", o dirigente, que havia acabado de visitar o treinador rubro-negro, relevou a evolução no quadro identificado pela equipe médica e explicou que Muricy já aparenta estar recuperado.

"Ele está muito bem, tudo indica que terá alta ainda hoje. Conversamos sobre tudo, ele até comentou que assistiu ao jogo de basquete do Flamengo (na noite desta terça-feira). Quem assiste a aquele jogo e sobrevive, é porque não tem problema de coração", brincou o dirigente.

Ainda de acordo com o dirigente, o técnico já deverá acompanhar a partida desta noite entre Flamengo e Fortaleza, pela Copa do Brasil, de sua residência. No entanto, todas as orientações passadas pelo treinador serão seguidas por seus auxiliares, Tata e Jayme de Almeida, que serão os responsáveis por conduzirem a equipe rubro-negra em campo.

"O importante é que ele cuide da saúde agora. Os auxiliares vão comandar o time diretamente, mas seguindo as orientações dele. É hora dele se preocupar com a saúde dele, não com o time. O Tata e o Jayme de Almeida são uma dupla que dispensa comentários", elogiou Mello.

Por fim, o dirigente revelou que o clube dará todo respaldo necessário para que o técnico consiga fazer o tratamento adequado da melhor forma possível.

"Os médicos nos orientaram sobre isso. O que ele teve ano passado não teve nada a ver com a arritmia. Ele já tinha tido algum problema um tempo atrás (na época em que treinava no São Paulo). Agora, vamos tomar todas as providências para que essa questão seja resolvida de maneira definitiva", finalizou o dirigente. 

Muricy passou mal por volta do meio-dia desta terça-feira (17) e foi prontamente atendido pelos médicos do clube. Os diretores Rodrigo Caetano e Fred Luz foram ao hospital ao lado de Márcio Tannure, chefe do departamento médico do Flamengo. O treinador, de 60 anos, sofreu um quadro de fibrilação atrial, uma espécie de arritmia cardíaca. O problema é o mesmo de quando dirigia o São Paulo.
 
"Está controlado, foi revertido através de medicamentos. É um problema de coração. A fibrilação atrial se dá quando se tem ritmo irregular do coração, mas não tem nada a ver com infarto. Vamos avaliar junto com a equipe médica que está no hospital Samaritano", explicou Márcio Tannure, ainda na tarde da última terça-feira.
 
"Ele já faz uso de medicação desde o primeiro episódio que teve em São Paulo. Os médicos daqui entraram em contato com os de lá para que a rotina fosse respeitada", completou o médico.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos