Lucas Lima já fala em último jogo pelo Santos e atua domingo para Dunga ver

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ivan Storti/ Santos FC

    Meia volta contra o Coritiba após desfalcar o Santos por causa de entorse no tornozelo

    Meia volta contra o Coritiba após desfalcar o Santos por causa de entorse no tornozelo

O meia Lucas Lima avisou que estará em campo diante do Coritiba neste domingo, às 11h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O problema para o torcedor santista é que o camisa 20 não descartou que o duelo contra os paranaenses pode ser o último dele com a camisa santista.

"Eu nem vou dar tchau então. Pode ser o último jogo, como pode não ser. Então vamos esperar a janela", afirmou Lucas Lima.

O camisa 20 teme ser cortado da seleção brasileira caso desfalque o Santos novamente por causa de uma lesão no tornozelo direito e, por isso, já avisou que pretende enfrentar o Coritiba, domingo.

"Tentei forçar na final (contra o Audax, pelo Paulista), infelizmente não deu, era muito recente. É um ano importante para mim. Tem que estar na ativa, estar jogando para estar na seleção. Quero estar em campo domingo para estar na seleção", afirmou Lucas Lima.

"Eu que brinco, estou voltando, vou colocar ordem na casa, mas é brincadeira, mostra a força do nosso elenco, da nossa equipe. Quero estar em campo sempre, sei do meu valor, da minha qualidade, então espero chegar o melhor possível para domingo fazer uma grande partida", completou.

Lucas Lima prometeu que retorna ao Santos após defender a seleção brasileira na Copa América Centenário, nos Estados Unidos, em junho. No entanto, o camisa 20 usou o termo "desenrolar" para mandar um recado ao presidente Modesto Roma em relação a permanência do trio santista da seleção – ele, Ricardo Oliveira e Gabigol.

"Sabia que tinha essa pergunta. Eu volto, tenho contrato, como sempre deixei bem claro, estou muito feliz no Santos, mas se tiver uma proposta, eu, o presidente, vamos sentar e ver o que é melhor para cada um", disse.

"Não sei não, o presidente vai ter que dar uma desenrolada aí com a rapaziada, mas é fruto do nosso trabalho. É ver, sentar, ver o que é melhor para sua vida, cada um, ver o que é melhor para o Santos e definir", completou.

O duelo do Santos contra o Coritiba será a despedida do trio antes da apresentação da seleção brasileira. Caso o Brasil chegue à final da Copa América, a quantidade de partidas da equipe santista sem poder usar seus atletas pode chegar a nove.

No caso de Gabigol, o Santos terá mais problemas, pois o atleta também está nos planos de Dunga para a disputa dos Jogos Olímpicos. De uma competição (Copa América), o atacante seguirá para outra (Olimpíada), retornando ao time da Vila somente após os Jogos da Rio-2016. O Santos pode perder Gabigol por até 18 rodadas do Nacional.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos