Fabrício revela ligação de Cuca e diz que terá 'cabeça fria' no Palmeiras

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

Fabrício já faz parte do cotidiano do Palmeiras desde o último dia 28. Somente nesta segunda-feira, porém, o meio-campista foi apresentado pelo clube paulista. Na primeira entrevista, o jogador teve de explicar o episódio em que perdeu a cabeça com os torcedores do Inter.

"Não podia acontecer. Foi uma coisa de 10 segundos, foram poucos torcedores. Peço desculpas ao Inter até hoje, É uma coisa que não pode acontecer. Foi um momento de explosão. Sei que não agi certo. Isso é passado. Que não acontece isso nunca mais. nem comigo, nem com outro", disse Fabrício, que destacou como agirá no Palmeiras: "Tem que ter a cabeça mais fria para jogar."

O jogador ainda falou sobre a polêmica troca com o Cruzeiro. A transferência envolveu o meia Robinho, que ficará no clube mineiro até dezembro do ano que vem -- o mesmo período da permanência de Fabrício no Palmeiras.

Segundo o novo reforço do Palmeiras, a negociação teve início após uma ligação de Cuca. "Cuca me ligou e falou que ia ajudar na lateral, no meio, de volante. Respondi que ajudaria de qualquer forma. Elenco se faz dessa maneira. Sempre respeitando, afirmou. 

Fabrício também comentou sobre o elevado número de jogadores do elenco do Palmeiras. Segundo ele, isso aconteceu no Inter há quatro anos. Naquela ocasião, foi necessário esperar para cavar uma vaga no time titular. 
 
"Eu já vivi isso no Inter em 2011 e 2012. Eram muitos jogadores. Estou aqui para ajudar. Se quiser jogo de lateral, de meia, de volante. Não vou me precipitar, esperei dois anos no Inter para jogar", finalizou.
 
Cesar Greco/Ag Palmeiras
Fabrício se transferiu para o Palmeiras depois de polêmica troca
 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos