“Me senti perdido”, diz Fernando Torres sobre passagem apagada pelo Chelsea

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Francisco Seco

Atualmente no Atlético de Madri, Fernando Torres deixou um Liverpool incapaz de brigar por títulos para conquistar taças no rival Chelsea. Na troca da camisa vermelha pela azul, o atacante espanhol, que chegou a ser finalista do prêmio de melhor do mundo da Fifa, pareceu desaprender como jogar futebol. Em entrevista ao Daily Mail nesta segunda-feira (21), o atacante comentou a passagem difícil pelo clube londrino e deixou claro que não lembra com carinho do período entre 2011 e 2015.

"Eu venci com o Chelsea, mas não estava em um bom lugar. Eu não me sentia bem tratado o tempo todo. Me senti perdido", desabafou o atacante. Torres defendeu o Chelsea em mais de 100 jogos e teve momentos importantes, como o gol contra o Barcelona na semifinal Liga dos Campeões de 2011/12, mas ficou mais marcado por não ter correspondido às expectativas colocadas após a contratação junto ao Liverpool.

"Eu não quero falar sobre aqueles momentos. Minha carreira está indo tão bem, me sinto tão em casa e cheio de confiança que eu não quero lembrar daqueles dias", garantiu.

Torres assinou com o Milan em 2015, mas foi emprestado ao Atlético de Madri, onde reencontrou o bom futebol. Cheio de confiança nesta segunda passam pelo clube onde foi revelado, o atacante mostrou desejo de permanecer na capital da Espanha.

"Nunca estive mais feliz. Eu amo estar de volta (no Atlético) e espero que possa ficar. Eu sou um dos veteranos agora e dou conselhos onde posso, mas também estou aprendendo dos jovens jogadores. Você pode se alimentar da energia deles", concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos