'Paizão' do Grêmio se valoriza R$ 39 milhões e rejeita comparação com Pogba

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Walace é chamado de 'Paizão' por colegas de Grêmio e não quer apelido de Pogba

    Walace é chamado de 'Paizão' por colegas de Grêmio e não quer apelido de Pogba

Paizão, é assim que os colegas de Grêmio chamam o volante Walace, de apenas 20 anos. O apelido se refere exatamente à idade. Os companheiros brincam que o marcador, que mede quase 1,90 de altura, não tem apenas isso de idade. E em campo ele também mostra comportamento de um experiente e pronto para jogar na Europa. 

Tanto que em dois anos, sua valorização superou qualquer marca esperada. A contratação aconteceu por conta de uma dívida de R$ 500 mil que o Avaí tinha com o Grêmio no empréstimo do meia Marquinhos. Como o clube catarinense não conseguiu pagar para manter o jogador, enviou Walace ao Tricolor como 'cláusula de compra'. 
 
Mas dois anos depois o jogador está avaliado em 10 milhões de euros (R$ 39,5 milhões). É repetidamente comprado a Paul Pogba - volante da seleção da França - por jornais europeus e um alvo certo da próxima janela de transferências. Em entrevista ao UOL Esporte, o marcador avaliou as comparações, elogiou o francês, mas disse que prefere evitar apelidos. Ainda comentou o crescimento na carreira e a chance de se transferir. 
 
Você chegou ao Grêmio como jogador de base, em pouco tempo virou titular e hoje é especulado em grandes da Europa: Como você vê este crescimento e a velocidade que as coisas aconteceram?
Walace: Primeiramente eu fico feliz com a velocidade que tudo aconteceu, mas ao mesmo tempo, isso tudo é fruto de bastante trabalho. Fico feliz também pelas sondagens de outros clubes já que isso é sinal que o que estou fazendo está evoluindo. 
 
Mesmo com pouca idade, você já passou por grandes jogos, seleção de base e foi convocado pra principal na pré-convocação da Copa América. Se considera experiente, e o quanto isso te ajuda? 
Walace: Acho que experiência a gente adquire a cada treino e a cada jogo. Ainda sou novo, mas claro que me considero muito mais experiente do que quando comecei. 
 
Entre os jogadores do Grêmio, teu apelido é 'Paizão', como é essa brincadeira? 
Walace: (Risos) Eles botaram esse apelido porque dizem eles que não tenho a idade que tenho (Risos). Pura sacanagem!
 
Você acha que está no momento certo para jogar na Europa?
Walace: Eu acho que estou numa evolução boa, vontade de ir eu nunca escondi, acho que está no momento, sim. 
 
Outra brincadeira que a torcida faz, e até os jornais europeus também fizeram, é a sua comparação com Pogba. O apelido de PogWalace, os estrangeiros falando de 'Pogba Brasileiro'.... O que você acha disso? Gostas do futebol do francês?
Walace: Gosto do futebol dele, acho que na posição é um dos melhores do mundo, mas não sou muito chegado ao apelido. Ele tem a história dele, eu quero fazer a minha e ainda falta muito para eu chegar no nível dele.
 
Qual seu objetivo para esta temporada? Achas que conclui o ano no Grêmio?
Walace: Meu objetivo é fazer uma boa temporada, se Deus quiser com títulos . Eu, enquanto estiver no Grêmio, tenho que pensar só no Grêmio. Não sei o que pode acontecer lá na frente.
 
Você subiu ao principal com Felipão e estreou em um Gre-Nal... Como foi essa experiência? 
Walace: Foi marcante. Foi uma grande experiência que levo pro resto do vida e me ajudou a amadurecer. 
 
Neste ano você aprimorou a conclusão e passou a marcar bonitos gols (já fez quatro na temporada). Foi um pedido do Roger? Pode te ajudar na Europa, não é?
Walace: Sim, professor me ajuda e ensina demais. Isso está me trazendo está característica nova. Não sei se tem perfil europeu. Só acho que jogador moderno hoje precisa evoluir sempre. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos