Pai diz não ter proposta europeia e que torcida pode manter Calleri no SP

Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / DOUGLAS MAGNO

    Calleri disputa bola com Leonardo Silva no jogo do São Paulo contra o Atlético-MG, na Libertadores

    Calleri disputa bola com Leonardo Silva no jogo do São Paulo contra o Atlético-MG, na Libertadores

Destaque do São Paulo com 12 gols na temporada, Calleri está garantido no Morumbi, caso o clube se classifique, até depois da final da Libertadores,  no dia 27 de julho; após isso, o destino é incerto. Nas últimas semanas, a imprensa internacional especulou possíveis transferências do atacante para Europa, mas, segundo seu pai, tudo não passa de especulação, e ainda não há nenhuma proposta oficial.

"A verdade é que são todos boatos. Quando tiver algo concreto, com propostas oficiais, nós vamos sentar para avaliar, e aí tomaremos a decisão", disse Guillermo Calleri ao UOL Esporte.

O pai do argentino, entretanto, deixou bem claro que a permanência no São Paulo é uma possibilidade concreta, por enquanto. O motivo, segundo ele, é a relação com a torcida, que vem empolgando o centroavante.

"Também está na mesa a possibilidade de ficar no São Paulo, porque o carinho que (os torcedores) demonstram com ele é muito bonito. É algo real, e manifestam o tempo todo, é lindo. (Ganhar a Libertadores) aqui seria um sonho".

A diretoria são-paulina admite abertamente o desejo de manter o jogador, e promete se esforçar para fazê-lo. O clube brasileiro, entretanto, reconhece a possibilidade de uma proposta do Velho Continente que esteja fora da realidade brasileira.

Além de Calleri, o São Paulo também tenta manter no elenco o atacante Kelvin e o zagueiro Maicon, ambos do Porto, de Portugal.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos