Adriano entrega casa e deixa EUA; Miami United exige presença em amistosos

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

Foram apenas três meses, dois jogos e um gol. Com divergências internas, Adriano entregou sua casa, seu carro, retornou ao Brasil e não é mais jogador do Miami United (EUA). O clube, no entanto, exige sua presença nos amistosos que realizará.

A informação, divulgada inicialmente pelo Globoesporte.com, foi confirmada ao UOL Esporte por pessoas próximas ao jogador.  E embora ele tenha se desligado do clube, de acordo com seu estafe, seguirá acionista de 40% do time americano.

Insatisfeito na terra do Tio Sam, o Imperador recentemente demonstrou o interesse em retornar ao Flamengo nas redes sociais:

"Gente, eu quero voltar para o Mengão, mas não depende de mim e do Flamengo. Obrigado".

No protesto realizado pela torcida rubro-negra na última quinta-feira na sede do clube na Gávea, torcedores pediram o retorno de Adriano e criticaram bastante o atacante peruano Guerrero.

Por meio de nota oficial, o Miami United afirmou que Adriano está de volta ao Brasil em uma viagem autorizada pelo clube e que o jogador estará em todos os amistosos do clube, tanto dentro quanto fora dos Estados Unidos. Não há, no entanto, nenhum amistoso marcado por enquanto.

"Adriano tem sido tratado como um jogador top desde sua chegada ao clube e ele será sempre o Imperador de Miami", diz parte da nota.

Apesar do comunicado, familiares e amigos do Imperador reafirmaram que o jogador não jogará mais pelo Miami. Adriano, no entanto, não comentará a decisão. A ideia do jogador é não desvalorizar o clube pelo fato de ainda ser sócio do mesmo.

No início do mês, a crise entre Adriano e o Miami United já tinha vindo à tona. Após sofrer uma acachapante goleada de 5 a 0 em sua estreia, ele demonstrou irritação no que chamou de "amadorismo" da diretoria. A distância dos familiares, da namorada que não conseguiu visto para os Estados Unidos e o excesso de mídia também incomodaram o Imperador, que já está no Rio de Janeiro e passará o fim de semana com parentes e amigos.

Confira a nota oficial do Miami United:

"Adriano mantém suas ações no nosso clube e é uma parte intrincada da nossa organização.
Também queremos garantir que Adriano estará em cada um dos nossos jogos amistosos, dentro e fora dos Estados Unidos, a partir de agora. Adriano está de volta ao Brasil (em uma viagem autorizada pelo clube) e mantém um excelente relacionamento com o clube em que ele é proprietário de parte, mantendo seu firme compromisso com a gente e com seus fãs para continuar a formação onde quer que esteja.
Adriano tem sido tratado como um jogador top desde sua chegada ao clube e ele será sempre o Imperador de Miami."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos