Santos mira 'outro' reforço do Atlético Nacional, mas depende do São Paulo

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • AP Photo/Fernando Vergara

    O meia venezuelano, Alejandro Guerra, 30 anos, é um dos destaques da Libertadores

    O meia venezuelano, Alejandro Guerra, 30 anos, é um dos destaques da Libertadores

Além de fechar a contratação do atacante Jonathan Copete, a diretoria do Santos negocia a chegada de outro destaque do Atlético Nacional, da Colômbia. Trata-se do meia venezuelano Alejandro Guerra, 30 anos.

No entanto, diferente de Copete, o presidente do clube colombiano, Juan Carlos de la Cuesta, já avisou que não aceita negociar o seu 'maestro' antes do término da Copa Libertadores da América.

Desta forma, a contratação de Guerra depende da eliminação do Atlético Nacional na semifinal contra o São Paulo. Brasileiros e colombianos se enfrentam nos dias 6 e 13 de julho.

O Nacional de Medellin disputa a semifinal com o São Paulo em dois jogos, mas o problema é que, caso os colombianos eliminem o clube do Morumbi, o segundo jogo da final da competição continental seria somente no dia 27 de julho, oito dias depois do fechamento da janela de transferências internacional.

Guerra foi aprovado por Dorival Júnior e, inclusive, é visto com um possível substituto de Lucas Lima, que defende a seleção brasileira com frequência. Além disso, o camisa 20 insiste em ser liberado para o futebol europeu no meio desta temporada.

Até o momento, o Santos já fechou a contratação de quatro jogadores para as disputas do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil – Copete, Elmiliano Vecchio, Fabián Noguera e Rodrigão. Os zagueiros Renan Montanha e Léo Coelho também foram contratados, mas foram repassados ao time B. O volante Yuri, do Audax, segue em negociações, mas ainda não assinou contrato. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos