Abel é favorito no Fla. Mas interino passa por "teste" e pode até ficar

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Divulgação/Flamengo

    Zé Ricardo comanda o Fla contra a Ponte Preta

    Zé Ricardo comanda o Fla contra a Ponte Preta

Nome preferido da diretoria para substituir Muricy Ramalho, que se desligou do clube por questões de saúde, Abel Braga segue como favorito para assumir o comando da equipe do Flamengo. Porém, contando com prestígio de boa parte da torcida, o novo interino, Zé Ricardo, passará por uma espécie de "teste" e não está descartada a sua efetivação no cargo de treinador.

Clamado no protesto pacífico realizado na última quinta-feira na sede da Gávea, quando Abel, inclusive, sofreu forte rejeição, Zé carrega em seu currículo o título deste ano da Copa São Paulo de juniores.

Com "DNA rubro-negro", o treinador chegou ao clube em 2005 e passou por diversas categorias na base até chegar aos juniores no fim de 2014, quando venceu, além do título desta temporada, o Campeonato Carioca e o torneio OPG.

No início do ano passado, recebeu uma proposta da CBF para comandar a seleção brasileira sub-15, mas decidiu permanecer no Flamengo.

Nesta sexta-feira, realizou seu primeiro trabalho com o elenco profissional, e o lateral direito Rodinei classificou a atividade como simples:

"O professor (Zé Ricardo) não conheço muito. Acompanhei a Taça São Paulo. Ele conversou um pouco com a gente. Foi um trabalho simples, de 15 minutos. Amanhã vai ter treino para pensar na Ponte Preta".

Nos bastidores, uma corrente defende que, em caso de apresentação de um bom trabalho e com um início com "pé direito", Zé Ricardo ganhe força para ser efetivado, já que as apostas com os treinadores chamados "medalhões" não têm dado certo.

ABEL E SUAS BUROCRACIAS

Apesar da rejeição que causa reflexão na diretoria, Abel Braga ainda segue como favorito, embora apresente empecilhos burocráticos, já que, demitido em dezembro do ano passado do Al Jazira, dos Emirados Árabes, o treinador fez um acordo e se comprometeu a não assinar com outro time enquanto durar o parcelamento da rescisão, o que o obriga, inicialmente, a firmar um novo compromisso somente a partir de julho.

Até o momento, o Flamengo ainda decide se irá aguardar mais de um mês ou tentará um acordo com os dirigentes do Al Jazira.

"Não tem prazo para anunciar treinador. Abel Braga, evidentemente, é muito prestigiado, um homem de renome, mas podemos também partir para outra alternativa. A diretoria vai trabalhar em paralelo para que a busca por um treinador não atrapalhe na performance do time", destacou Flávio Godinho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos