Finalista da Liga, Marcelo vê extracampo tirá-lo da seleção e rival brilhar

Danilo Lavieri e Guilherme Palenzuela

Do UOL, em Los Angeles (EUA)

  • Bruno Domingos/Mowa Press

"O jogador que quer estar na seleção, deve ter atitude, responsabilidade e comprometimento. Não adianta querer estar na seleção. Deve querer jogar pela seleção". A frase foi dada por Dunga, em entrevista ao UOL Esporte, em abril deste ano e explica exatamente o motivo de Marcelo, eleito o melhor lateral do mundo, estar fora da seleção brasileira.

As atitudes extracampo do jogador do Real Madrid, que disputa a final da Liga dos Campeões neste sábado (29), em Milão, contra o Atlético de Madri, acabaram por deixá-lo fora até da pré-lista de 40 convocados para a Copa América Centenário. 

O comportamento do lateral esquerdo já vinha sendo destaque negativa ao longo da trajetória de Dunga e a gota d'água foi o problema médico, no qual o atleta falhou na comunicação com a comissão técnica da seleção, de acordo com o próprio treinador. Ele não foi chamado para os jogos contra Uruguai e Paraguai, pelas Eliminatórias, e deve entrar na lista de cortados em definitivo, ao lado de Thiago Silva e Jefferson. 

Marcelo vive o seu melhor momento na carreira, disputa a segunda final da Liga dos Campeões e já foi eleito duas vezes o melhor do mundo na sua posição. No jogo deste sábado, inclusive, ele encontrará do outro lado do campo o seu principal concorrente: Filipe Luís.

Além de também viver boa fase no Atlético de Madri, após passagem frustrada pelo Chelsea, o jogador tem o perfil ideal na cabeça de Dunga. É aplicado taticamente e cumpre o traçado pelo técnico durante os treinos. Mais do que isso, não esteve no 7 a 1 contra a Alemanha. Filipe não foi nem sequer lembrado por Luiz Felipe Scolari na convocação. 

O atual treinador da seleção está em busca de limpar a seleção dos resquícios da maior humilhação da história do futebol brasileiro. Para ajudar, Filipe Luís tem sido jogador importante na campanha do time comandado por Simeone.

Para se ter uma ideia, o site WhoScored, especializado em estatísticas e análise de dados de equipes e jogadores, o classificou como o 7º melhor jogador do último Campeonato Espanhol, com nota média de atuação avaliada em 7,60, sendo o segundo melhor brasileiro do torneio - atrás de Neymar, 2º colocado no ranking geral. Marcelo aparece um pouco atrás, como 12º melhor jogador do futebol espanhol na temporada, com nota média de atuação de 7,44.

No amistoso da seleção deste domingo, contra o Panamá, nenhum dos dois estará em campo. Convocado para a competição, Filipe desembarca nos Estados Unidos apenas no dia 30 de maio, após a final, assim como Casemiro, que defenderá o Real Madrid no jogo. O titular da posição, momentaneamente, será Douglas Santos, do Atlético-MG e da seleção olímpica.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos